Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Casey Stoner: O homem a bater em 2008

Casey Stoner: O homem a bater em 2008

O homem a bater em 2008, Casey Stoner foi sem dúvidas o piloto da última temporada de MotoGP ao garantir o seu primeiro título de forma dominadora. O jovem de 22 anos passou de uma espectacular, se bem que inconsistente, temporada de estreai para um maduro Campeão do Mundo.

O homem a bater em 2008, Casey Stoner foi sem dúvidas o piloto da última temporada de MotoGP ao garantir o seu primeiro título de forma dominadora. O jovem de 22 anos passou de uma espectacular, se bem que inconsistente, temporada de estreai para um maduro Campeão do Mundo.

Depois de causar impacto nos campeonatos nacionais britânicos e espanhóis, Stoner estreou-se no Campeonato do Mundo como wild card em Donington Park em 2001. Treinado no mesmo sistema de academia que levou nomes como Dani Pedrosa e Toni Elías ao MotoGP, Stoner tirou total partido da arrojada mudança da sua família para a Europa.

Tendo começado a carreira de piloto de Grandes Prémios a tempo inteiro nas 250cc sob os comandos de Lúcio Cecchinello em 2002, foi apenas quando desceu para as 125cc no ano seguinte que o mundo do motociclismo começou a reparar nele, com quatro pódio e uma vitória na última ronda a mostrar as qualidades do australiano. Em 2004 lutou pelo ceptro das 125cc com a KTM, averbando a primeira vitória da marca num Grande Prémio e terminando em quinto da geral.

O regresso à LCR e às 250cc em 2005 viu-o bater-se contra Pedrosa nas quarto de litro, vencendo cinco corridas numa Aprilia antes de passar para o MotoGP com a mesma equipa, mas com uma Honda RC212V.

A temporada de estreia em 2006 assistiu a momentos de brilhantismo misturados com desapontantes quedas, mas os momentos altos incluíram a pole position na segunda corrida no Qatar, seguindo-se a luta até à meta com Marco Melandri na Turquia, onde ficou em segundo. A sua prestação levou a Ducati a falar com ele e à troca de equipa que lhe permitiu depois levar a cabo um ano de luxo.

A primeira vitória de MotoGP surgiu na corrida de abertura da época de 2007 no Qatar, uma surpresa admitida pelo piloto e equipa, mas as vitórias que se seguiram na Turquia e China afastaram o espectro da sorte. A impressionante prestação na Catalunha, onde lutou directamente contra Valentino Rossi, ficará na história como uma das maiores corridas da história do MotoGP, enquanto dominou o meio da época com vitórias desde a pole em três corridas consecutivas em Laguna Seca, Brno e Misano.

A glória do título foi confirmada por Stoner com um sexto lugar em Motegi, ironicamente o pior resultado do ano. Enquanto os três primeiros festejavam o triunfo na corrida, Stoner subiu também ao pódio para ser oficialmente coroado Campeão do Mundo de MotoGP de 2007.

O australiano tinha ainda assuntos por resolver a quatro ronda do final do ano, o mais importante o regresso a casa em Phillip Island. Stoner reforçou a conquista do ceptro com a primeira de três vitórias nas últimas provas do ano, deliciando a multidão que bateu todos os recordes de público do famoso traçado.

A temporada terminou de forma pouco brilhante para o Campeão no último teste de final de época, com uma queda aos comandos da Desmosedici GP8 em Jerez. Felizmente, as lesões no ombro não requerem operação, o que faz com Stoner esteja já a descansar antes de dar início às preparações para defesa do título.

Tags:
MotoGP, 2008, Casey Stoner

Outras actualizações que o podem interessar ›