Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Começo clamo, mas tranquilo para Stoner e Melandri

Começo clamo, mas tranquilo para Stoner e Melandri

Com a primeira oportunidade de avaliar o estado do ombro em pista pela primeira vez desde Novembro, o Campeão do Mundo de MotoGP Casey Stoner teve, provavelmente, um programa mais leve do que teria gostado no primeiro dia de testes em Sepang.

Com a primeira oportunidade de avaliar o estado do ombro em pista pela primeira vez desde Novembro, o Campeão do Mundo de MotoGP Casey Stoner teve, provavelmente, um programa mais leve do que teria gostado no primeiro dia de testes em Sepang. O australiano viu-se forçado a passar a maior parte da manhã na boxe da Ducati enquanto os seus mecânicos tentavam resolver um problema eléctrico na Desmosedici GP8 antes de conseguir, finalmente, levar a cabo longa sequência de voltas com a moto para terminar na quinta posição.

"Passei grande parte da manhã na boxe e só fiz algumas voltas para ver o que se passava com a moto," explicou o jovem de 22 anos ao motogp.com. "Sabemos qual é o problema e estamos a usar esta visita a Sepang basicamente para testarmos pneus. Só precisamos dos próximos dois dias para termos respostas nessa matéria; as coisas parecem ter corrido muito melhor esta tarde."

Fãs e rivais estavam curiosos para ver forma em que Stoner se apresentava depois da paragem de Inverno, passada em recuperação da lesão na mão, que, felizmente, não requereu cirurgia. O piloto de fábrica ainda estava algo dorido, mas mesmo assim em boas condições depois das 36 voltas efectuadas ao circuito de Sepang, esperando-se que regresse ao pico da forma ao longo da pré época.

"Sinto-me algo dorido do lado esquerdo, mas sem dores. Por isso só tenho de trabalhar um pouco mais a força," concluiu.

O companheiro de equipa Marco Melandri também se viu afectado pelo problema eléctrico, um cruel contratempo para o italiano que tenta adaptar-se a uma moto muito diferente daquela com que correu nos últimos anos. O antigo piloto Honda estava compreensivelmente desapontado por não ter tido a oportunidade de começar a temporada de 2008 em força, se bem que continua optimista em relação à mudança.

"Perder tempo esta manhã quando tínhamos programado nova configuração de moto significou que não pude fazer tantas voltas como queria, mas são coisas que acontecem no início," afirmou Melandri. "Quero agradecer à Ducati Corse por ter mudado a ergonomia da moto como pedi depois de Jerez. Agora a posição de pilotagem é boa para mim e posso concentrar-me no trabalho de afinação."

Ambos os pilotos vão continuar a testar durante mais dois dias em Sepang antes de rumarem à pista caseira de Stoner, em Phillip Island, no final do mês.

Tags:
MotoGP, 2008, Casey Stoner, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›