Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Acordo monstruoso para a Kawasaki

Acordo monstruoso para a Kawasaki

Num importante anúncio que se seguiu ao teste de Sepang, a Kawasaki Racing tornou público interessante acordo de parceria de dois anos com a bebida energética Monster Energy, marca que poderá vir a tornar-se patrocinador principal da formação.

Num importante anúncio que se seguiu ao teste de Sepang, a Kawasaki Racing tornou público interessante acordo de parceria de dois anos com a bebida energética Monster Energy, marca que poderá vir a tornar-se patrocinador principal da formação.

Tendo já colaborado com a Kawasaki em outros campos da competição, mais notavelmente na Moster Kawasaki team do Campeonato AMA, além de ter sido patrocinador principal da formação de Motocross, a Monster Energy deu o passo para o MotoGP com a esperança de entrar no mercado europeu. A companhia é, ao lado do também patrocinador de MotoGP Red Bull, uma das duas bebidas energéticas líderes de mercado nos Estados Unidos.

A novas cores da Kawasaki, incluindo a Monster Energy, serão reveladas no teste da próxima semana em Phillip Island e será a primeira vez que a marca vai aparecer na moto de MotoGP da "Equipa Verde" desde que esta entrou no Campeonato do Mundo há seis anos.

"A parceria com a Monster Energy é mais um importante indicador de que a Kawasaki é afora vista como uma verdadeira candidata no Campeonato do Mundo de MotoGP e não apenas no paddock," nota Yoshio Kawamura, director da Kawasaki Motors Racing B.V.

"O facto de termos conseguido atrair uma marca líder para a equipa e da Monster Energy pretender usar a associação com a Kawasaki para entrar no mercado europeu denota bem o progresso que termos feito como construtores desde que regressámos à categoria rainha em 2002."

O responsável de competição da equipa Michael Bartholemy também elogiou o novo acordo como um marco importante para a marca nipónica que ano passado passou a trabalhar totalmente em casa.

"Se aprendemos alguma coisa sobre a Monster Energy desde que começámos a falar da parceria é o facto de terem a mesma paixão que nós pelas corridas. E, é claro, eles têm a mesma afinidade pelo verde lima; creio que se pode dizer que é o casamento perfeito," afirma Bartholemy.

"Demos grandes passou em frente nos últimos 12 meses e foi isso que atraiu a Monster Energy à Kawasaki em primeiro lugar e espero que assim continue em 2008. Se assim for seremos capazes de os convencer a tornarem-se patrocinadores principais em 2009."

Do lado da Monster Energy o acordo é uma possibilidade de fazer crescer o sucesso do ano passado quando se tornaram patrocinadores pessoais do então estreante na Kawasaki John Hopkins. A expansão para parceiros da equipa de MotoGP surgiu de forma natural e foi muito bem recebida pela marca, em particular pelo Director de Marketing Desportivo John Lee.

"A Monster Energy estreou-se no MotoGP no ano passado com o John Hopkins e ficámos muito contentes com os resultados conseguidos – especialmente em termos internacionais," explica Lee.

"Conforme vamos seguindo em frente com os nossos esforços de internacionalização o envolvimento com o MotoGP surgiu como uma decisão lógica para nós."

As primeiras imagens de Hopkins e Anthony West com a Ninja ZX-RR com as cores da Monster estarão disponíveis na próxima semana quando os pilotos estiverem a testar na Austrália.

Tags:
MotoGP, 2008, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›