Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Desenvolvimento do 16" a correr bem para Michelin

Desenvolvimento do 16' a correr bem para Michelin

A contar apenas com um dos seus pilotos de fábrica na semana passada em Phillip Island – Nicky Hayden da Repsol Honda – a Michelin colocou parte do trabalho de desenvolvimento do projecto de 2008 nas mãos de três pilotos de formações satélites "Down Under".

A contar apenas com um dos seus pilotos de fábrica na semana passada em Phillip Island – Nicky Hayden da Repsol Honda – a Michelin colocou parte do trabalho de desenvolvimento do projecto de 2008 nas mãos de três pilotos de formações satélites "Down Under".

Quarto dos cinco pilotos Michelin presentes na Austrália terminaram entre os cinco primeiros nas tabelas de tempos, atrás do Campeão do Mundo Casey Stoner, o mais rápido da sessão de três dias. Hayden liderou entre os homens da marca gaulesa num teste em que as atenções se centraram no 16" polegadas estreado pelo norte-americano no ano passado e que se revelou muito popular.

"Continuámos a trabalhar com o 16,5" e o 16" traseiros. São cada vez mais os pilotos que estão a usar o 16", por isso nos próximos testes vamos fornecer 50% de pneus de 16,5" e 50% de 16"," explicou o responsável pelo departamento de competição em duas rodas da Michelin, Jean-Phillipe Weber. "O 16" está claramente a crescer."

Apesar dos bons tempos apresentados por Hayden, Colin Edwards, James Toseland e Andrea Dovizioso, Weber acredita que a visita à Austrália deixa a Michelin sem ideias claras quanto à forma como 2008 vai correr.

"Por um lado, vimos que o Casey Stoner estava muito rápido, mas por outro lado estivemos muito competitivos contra todos os outros pilotos. Por isso, não é muito óbvio o que podemos retirar daqui em termos de prestação de pneus," disse o chefe da Michelin após a conclusão do teste.

"Testámos alguns pneus traseiros diferentes durante estes três dias de testes; a performance não foi muito má, mas queríamos que fosse melhor. As temperaturas de pista são sempre muito elevadas em Phillip Island, por isso queríamos analisar uma grande mudança na construção. Testámos um pneu mais macio, à procura de mais aderência lateral, mas talvez tenha sido demasiado macio, por isso os pneus não foram tão consistentes como queríamos. Mas isto são testes e por agora ainda estamos à procura da direcção certa seguir."

Algumas das informações mais importantes recolhidas em Phillip Island viram do novo perfil utilizado pelo Novato Dovizioso. O piloto do Team JiR Team Scot, que rodou com borrachas Michelin na pista australiana pela primeira vez, deu novas impressões sobre o desenvolvimento do novo perfil frontal e que foi estreado por dois dos homens mais experientes no ano passado em Motegi.

"Apesar de nos termos concentrado principalmente nos pneus traseiros neste teste, também trabalhámos um pouco na adaptação de compostos a cada um dos nossos pilotos com dois frontais diferentes," disse Weber. "Também trabalhámos com um terceiro perfil frontal com o Andrea. Já o tínhamos testado no ano passado com o Nicky e o Colin. Ambos os pilotos gostaram do pneu, mas quando o voltaram a testar mais tarde os resultados não foram conclusivos. O Andrea gostou das sensações que teve com o pneu em Phillip Island, apesar das construção ser um pouco dura demais, por isso vamos fazer um mais macio para o teste de Jerez no final deste mês."

Todos os pilotos que testaram na semana passada tiveram a oportunidade de fazerem voltas no molhado, e o veterano da Michelin, Edwards, mostrou-se particularmente contente com o novo material ao seu dispor para a tarefa.

"Teste um novo frontal da Michelin para a chuva e fiquei mesmo muito contente, pareceu-me mais natural para o meu estilo," disse o "Texas Tornado". "Ver a Michelin trabalhar tanto dá-me ainda mais motivação."

Os piloto Michelin, incluindo Hayden e o ausente da Austrália Jorge Lorenzo, vão continuar o trabalho com a marca francesa em Sepang a partir de amanhã.

Tags:
MotoGP, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›