Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo explica detalhes do teste de Sepang

Lorenzo explica detalhes do teste de Sepang

O mais rápido na fase inicial dos trabalhos esta terça-feira em Sepang, sendo depois batido pelo companheiro de equipa da Fiat Yamaha Valentino Rossi com um ritmo mais forte durante a tarde, Jorge Lorenzo falou com o motogp.com na Malásia para explicar os pontos em que se está a concentrar esta semana no seu segundo teste do ano.

O mais rápido na fase inicial dos trabalhos esta terça-feira em Sepang, sendo depois batido pelo companheiro de equipa da Fiat Yamaha Valentino Rossi com um ritmo mais forte durante a tarde, Jorge Lorenzo falou com o motogp.com na Malásia para explicar os pontos em que se está a concentrar esta semana no seu segundo teste do ano.

O primeiro dia da segunda visita de testes do MotoGP ao traçado do Sudeste asiático viu o Campeão do Mundo de 250cc terminar na quarta posição na tabela de tempos com um registo de 2m02,654s em pneus de corrida - um pouco longe do ritmo apresentado na primeira sessão de trabalho do ano em Sepang em Janeiro.

Tendo falhado o teste da semana passada em Phillip Island por a sua equipa ter optado por não efectuar a viagem até à Austrália - e com Lorenzo a não poder partilhar dados com Rossi por este estar com pneus Bridgestone - o Campeão do Mundo de 250cc tem o seu próprio programa de testes para se concentrar nas propostas apresentadas pela Michelin e desenvolvimento da sua montada.

Explicando como correr o primeiro dia no escaldante calor de Sepang o jovem espanhol comentou: Começámos com longo dia de testes e tem sido muito positivo. Concentrámo-nos na resolução dos problemas que temos tido com a frente da moto e, apesar de ainda não os termos resolvido, estamos a trabalhar muito no chassis.

Amanhã vamos, provavelmente, testar outro chassis, continuou Lorenzo, e depois na quinta-feira devemos fazer uma simulação de corrida, seguida de alguns testes a pneus de qualificação.

Grato pelo apoio dado pela Yamaha, com o novo motor M1 800cc e com os melhoramentos verificados desde o primeiro teste antes do Natal, o jovem piloto de 20 anos acrescentou: Temos mais potência e mais velocidade, por isso estou mesmo contente com o trabalho que a Yamaha está a fazer. Não posso pedir mais, tenho apenas de me concentrar em melhorar o meu estilo de pilotagem e explicar as minhas especificações.

Tags:
MotoGP, 2008, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›