Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bartol avalia novo método de trabalho da KTM

Bartol avalia novo método de trabalho da KTM

O patrão da KTM Harald Bartol viu a sua fábrica levar vantagem nos primeiros dois testes realizados em território espanhol em 2008, com Mika Kallio a destacar-se na classe de 250cc.

O patrão da KTM Harald Bartol viu a sua fábrica levar vantagem nos primeiros dois testes realizados em território espanhol em 2008, com Mika Kallio a destacar-se na classe de 250cc. O austríaco falou com o motogp.com em Valência, um traçado tradicionalmente favorável à KTM, dando a conhecer o que pensa da pré época até ao momento e falando das novas equipas que contam com o apoio da marca.

"Estou muito contente com o nosso desenvolvimento, especialmente no que toca ao chassis. Em Valência somos sempre rápidos, mas em Jerez (onde Kallio liderou a tabela das quarto de litro) foi muito importante para mim," adiantou Bartol, que, contudo, recusou deixar-se levar pelos primeiros resultados.

"O mais importante é estarmos à frente na primeira corrida; nos testes nunca sabemos o que os nossos rivais estão a fazer. De momento as coisas estão a correr bem."

As novas adições da KTM surgiram na sua maioria nas 125cc, onde a marca fornece motos a formações como a de Alberto Puig, apoiada pela Repsol. Bartol tem como objectivo criar paridade entre todas as equipas e pilotos, ciente que está das dificuldades sentidas pelas novas formações que agora contam com o apoio da marca austríaca.

"Os novos pilotos tiveram muito pouco tempo para se prepararem. As motos ficaram prontas tarde, mas estamos a olhar para os tempos feitos por nomes como (Tomoyoshi) Koyama e do pequeno da Repsol (Marc Marquez) que já são rápidos."

"Sei que ainda temos coisas para desenvolver no que toca ao chassis, mas de momento as motos vão continuar na mesma," concluiu o homem forte da KTM.

Tags:
250cc, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›