Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pilotos de 250cc e 125cc testam no Estoril

Pilotos de 250cc e 125cc testam no Estoril

O circuito do Estoril foi hoje palco do primeiro de uma sessão de três dias de testes por parte de três formações das categorias mais baixas do Campeonato do Mundo. Com céu limpo, temperaturas baixas e vento forte durante a manhã, formações e pilotos concentraram o trabalho nos últimos preparativos com vista à temporada que se início dentre de menos de um mês e também com o intuito de prepararem o Teste Oficial de MotoGP que se realiza este fim-de-semana e Jerez.

O circuito do Estoril foi hoje palco do primeiro de uma sessão de três dias de testes por parte de três formações das categorias mais baixas do Campeonato do Mundo. Com céu limpo, temperaturas baixas e vento forte durante a manhã, formações e pilotos concentraram o trabalho nos últimos preparativos com vista à temporada que se início dentre de menos de um mês e também com o intuito de prepararem o Teste Oficial de MotoGP que se realiza este fim-de-semana e Jerez.

Marco Simoncelli, da Metis Gilera, foi o mais rápido com um tempo de 1m42,8s conseguido num dia reservado, principalmente, ao trabalho com os pneus Dunlop e suspensões. Fazendo uso das afinações da corrida do ano passado, o italiano passou então a desenvolver uma base para a nova moto com que vai alinhar nesta temporada 2008 do Campeonato do Mundo de 250cc. A registar ainda uma ligeira queda por parte de Simoncelli, mas que não se traduziu em danos de maior para piloto e moto.

Também em representação da grelha das quarto de litro esteve Hector Faubel. O piloto da Mapfre Aspar centrou o trabalho no chassis, geometria e suspensão traseira, terminando a jornada desta terça-feira com um crono de 1m54,2s. O espanhol aproveitou também para levar a cabo o primeiro contacto com o traçado português desde que regressou às quarto de litro.

"A principal preocupação neste teste é a adaptação à moto neste traçado; só conhecia o Estoril dos meus tempos nas 125cc e esta oportunidade é muito importante para conhecer a pista com uma moto mais potente como uma 250cc, principalmente porque será logo a terceira corrida do ano," disse o piloto da formação valenciana ao motogp.com. "Temos sido rápidos ao longo da pré época. A adaptação à moto tem sido fácil até agora," concluiu Faubel.

Enquanto isso, Pablo Nieto e Raffaele de Rosa, da nova Onde 2000 Team, estiveram em representação da grelha das 125cc, mas depararam-se com algumas dificuldades neste primeiro dia de testes. A pista algo suja e o facto da moto ter sido estreada na semana passada em Valência, bem como o facto dos dois pilotos nunca terem rodado com uma KTM, fez com que os pilotos tivessem trabalho redobrado.

Se De Rosa parece já ter encontrado a afinação certa para a frente da moto, o mesmo não se pode dizer da traseira, parte que ainda terá de trabalhar ao longo dos próximos dias antes de rumar a Jerez para o primeiro embate oficial do ano. Enquanto isso, Nieto teve um pequeno contratempo com a embraiagem de manhã, um problema que a equipa resolveu rapidamente e que acabou por não afectar muito o programa de testes do piloto.

Tags:
250cc, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›