Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden e Pedrosa comentam condições do BMW M Award

Hayden e Pedrosa comentam condições do BMW M Award

Dois dos favoritos ao BMW M Award ficaram de mãos a abanar depois do tempo imbatível conseguido pelo Campeão do Mundo de 2007, Casey Stoner.

Dois dos favoritos ao BMW M Award ficaram de mãos a abanar depois do tempo imbatível conseguido pelo Campeão do Mundo de 2007, Casey Stoner.

No caso de Dani Pedrosa, piloto que esteve afastado dos testes desde que fracturou a mão direita, as hipóteses de vencer o BMW Z4 M Roadster eram já muito reduzidas. Depois de um número mínimo de voltas, ontem e na manhã de hoje, o espanhol não se aventurou a sair da garagem enquanto que os seus rivais se batiam na pista.

"Não saí porque a pista estava molhada e assim as probabilidades de nos despistarmos são maiores" afirmou o piloto da Honda, que ficou em segundo, em Jerez, no ano passado, mas não se posicionou tão bem na estreia de 2006, na Catalunha.

"Era desnecessário arriscar um despiste e voltar a lesionar-me, por isso decidimos não sair e esperar pela próxima sessão, se me sentir melhor."

A decisão de se retirar da competição é agora mais fácil depois da mudança das regras, em 2008, que estipulava que os pilotos teriam de participar em 100% das sessões de qualificação para vencer o BMW M Award.

O campeão do Mundo de 2006, Nicky Hayden, foi um dos pilotos a chegar relativamente perto da volta mais rápida de Stoner. Apesar de não ter apresentado grande perigo para o australiano, Hayden conseguiu o terceiro melhor tempo.

Hayden retirou importância à sessão mas, mesmo assim, gostaria de ter tido uma melhor prestação antes do início da época de 2008.

"As sessões de qualificação não têm grande significado mas todos estão a dar o seu melhor. Não se trata apenas de competir pelo novo BMW, até podíamos correr por uma pastilha elástica que os pilotos dariam o máximo" brincou o "Kentucky Kid".

"É um bom aquecimento. Não conseguimos o tempo que queríamos. Eu vi o Stoner a baixar o tempo mas aquelas condições são as piores para mim, principalmente quando passa de molhado a seco. Depois do dia de ontem, pensei que tínhamos uma boa oportunidade, mas de qualquer das formas a moto portou-se bem na chuva e a equipa fez um bom trabalho."

Hayden foi o piloto mais rápido no dia de estreia do Teste Oficial do MotoGP em Jerez e tem mais um dia para melhorar a RC212V. A prestação do companheiro de equipa, Dani Pedrosa, ver-se-á amanhã.

Tags:
MotoGP, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›