Compra de bilhetes
VideoPass purchase

O ano passado no Qatar

O ano passado no Qatar

A corrida do ano passado no Qatar viu o que seria o futuro Campeão do Mundo de MotoGP Casey Stoner averbar a primeira vitória da carreira na categoria rainha na prova em que se estreou com a Ducati. O australiano entrou para a história ao tornar-se no primeiro vencedor de uma corrida de MotoGP de 800cc.

A corrida do ano passado no Qatar viu o que seria o futuro Campeão do Mundo de MotoGP Casey Stoner averbar a primeira vitória da carreira na categoria rainha na prova em que se estreou com a Ducati. O australiano entrou para a história ao tornar-se no primeiro vencedor de uma corrida de MotoGP de 800cc.

Stoner largou de segundo da grelha, mas marcou o ritmo para a corrida quando voo ao passar por Valentino Rossi no final da primeira volta. Formou-se então um grupo de três pilotos, com Stoner, Rossi e Dani Pedrosa a isolarem-se do resto do pelotão. A diferença entre a Ducati, Yamaha e Honda ficou bem patente no duelo do trio, com Rossi e Pedrosa (que viriam a terminar em segundo e terceiro, respectivamente) a não conseguirem recuperar o tempo perdido para Stoner devido à impressionante potência da Desmosedici GP7.

Rossi tentou uma liderança mais permanente à 18ª volta e chegou a parecer que "The Doctor" estava a caminho da terceira vitória consecutiva em Losail. Contudo, Stoner mostrou a crescente maturidade, respondendo ao rival italiano e isolando-se cerca de três segundos antes de ver a bandeira de xadrez.

Já Pedrosa, alargou a trajectória numa curva, deixando, não só a luta pelo triunfo reduzida a dois, mas permitindo também a John Hopkins ficar com uma boa possibilidade de atacar o pódio. Hopkins era a determinação em pessoa, recusando-se a levar as coisas nas calmas apesar de não estar a 100%. O piloto da Suzuki ficou apenas a meio segundo de Pedrosa e daquela que teria sido a sua estreia no pódio, confirmando assim o seu estatuto como um dos pilotos mais corajosos do Mundial.

Marco Melandri e Colin Edwards fecharam a lista dos seis primeiros, com o último a cair na classificação devido a má largada. Atrás deles ficaram Chris Vermeulen, que concluiu um dia positivo para a Suzuki, e o então Campeão do Mundo em título Nicky Hayden.

Alex Barros foi nono no regresso ao MotoGP, à frente do estreante da Honda Shinya Nakano. Loris Capirossi, Carlos Checa e Randy de Puniet caíram, sem consequências, enquanto Andrew Pitt teve problemas mecânicos e viu-se obrigado a regressar à box naquela que foi a única presença da Ilmor em 2007.

Com a sua primeira corrida de MotoGP a terminar no Top 10 numa temporada fantástica, Stoner tornou-se no mais jovem australiano de sempre a vencer um Grande Prémio da categoria rainha e o primeiro piloto do país austral a triunfar nas três categorias do Campeonato do Mundo.

Tags:
MotoGP, 2008, Commercialbank GRAND PRIX OF QATAR

Outras actualizações que o podem interessar ›