Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista lamenta problema de pneus em Losail

Bautista lamenta problema de pneus em Losail

Álvaro Bautista foi um dos vários candidatos ao título das três categorias do Campeonato do Mundo a não ter o início de época ideal, deparando-se com inesperado problema de pneus na primeira corrida de 2008 no Qatar. O piloto da Mapfre Aspart fez fantásticas primeiras voltas aos comandos da sua Aprilia RSA no Circuito Internacional de Losail e podia esperar-se que levasse a corrida de vencida. Contudo, problemas com a roda traseira fizeram com que em vez de lutar pelo triunfo tivesse de se degladiar por uma posição nos seis primeiros.

Álvaro Bautista foi um dos vários candidatos ao título das três categorias do Campeonato do Mundo a não ter o início de época ideal, deparando-se com inesperado problema de pneus na primeira corrida de 2008 no Qatar.

O piloto da Mapfre Aspart fez fantásticas primeiras voltas aos comandos da sua Aprilia RSA no Circuito Internacional de Losail e podia esperar-se que levasse a corrida de vencida. Contudo, problemas com a roda traseira fizeram com que em vez de lutar pelo triunfo tivesse de se degladiar por uma posição nos seis primeiros.

Comecei bem e estava na liderança e a partir daí queria impor o meu ritmo aos outros. Infelizmente na quarta volta notei que estava a ficar sem pneu e depois foi tudo piorando, lamentou o espanhol enquanto as entrevistas com os três primeiros passavam nos ecrãs da sua boxe.

O pneu parecia ter defeito, se bem que pelo menos conseguiu terminar a corrida e somar pontos. Teria sido pior se tivesse caído. O fim-de-semana estava a correr bem, mas quando algo como isto acontece na corrida é um grande contratempo.

Depois de terminar em sexto em Losail, Bautista vai tentar somar o primeiro pódio do ano em casa quando o Campeonato do Mundo chegar a Jerez na próxima semana. O antigo Campeão do Mundo de 125c está optimista quanto às suas possibilidades, tirando, é claro, qualquer outro tipo de azar.

Agora temos a corrida de Jerez e vamos continuar a trabalhar arduamente como sempre fizemos. Vamos esperar que não aconteça mais nada e fazer tudo para proporcionarmos um grande espectáculo, concluiu Bautista.

Tags:
250cc, 2008, Commercialbank GRAND PRIX OF QATAR, Alvaro Bautista

Outras actualizações que o podem interessar ›