Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lesão na virilha ainda afecta Hopkins

Lesão na virilha ainda afecta Hopkins

John Hopkins tem trabalhado muito para ficar em plena forma durante a breve paragem que se seguiu à primeira ronda do ano no Qatar, mas a lesão na virilha contraída em Janeiro ainda não está totalmente sarada e pode provocar mais desconforto ao piloto da Kawasaki no Grande Prémio bwin.com de Espanha deste fim-de-semana.

John Hopkins tem trabalhado muito para ficar em plena forma durante a breve paragem que se seguiu à primeira ronda do ano no Qatar, mas a lesão na virilha contraída em Janeiro ainda não está totalmente sarada e pode provocar mais desconforto ao piloto da Kawasaki no Grande Prémio bwin.com de Espanha deste fim-de-semana.

Apesar do norte-americano ter tido algum tempo em pista depois de se ter lesionado no acidente da Austrália, Hopkins sentiu alguns problemas em rodar a distância de corrida sob as luzes artificiais de Losail, isto apesar dos testes que ainda fez em Jerez e no Qatar antes do início da época.

Ele mal conseguia andar após ter terminado em 12º na estreia com a Kawasaki Ninja ZX-RR, pelo que a breve paragem de pouco mais de duas semanas antes de regressar à acção foi uma oportunidade muito importante para dar continuidade à recuperação e reabilitação.

O piloto de 24 anos radicado na Califórnia tem estado no outro lado dos Estados Unidos a gozar o bom tempo e a trabalhar arduamente para recuperar a forma física na Florida enquanto a lesão na virilha continua a recuperar. Mas o diagnóstico médico revela que ainda há alguma fraqueza na área, pelo que a sessão de treinos de sexta-feira em Jerez será mais uma oportunidade de avaliar o progresso feito até o momento.

`O abdutor que rasguei em Phillip Island em Janeiro ainda não está totalmente bom, mas está tudo a correr bem e tenho treinado muito. Estive em Miami, ao sol e tenho estado a tratar de mim antes de Jerez. Fiz mais algumas ressonâncias magnéticas que mostraram que a lesão ainda lá está, infelizmente, mas não me está a impedir de trabalhar no meu programa físico.´

`Apesar do problema no músculo sinto-me totalmente preparado para a corrida e estou mesmo desejoso por ela. Vou claramente melhorar o resultado do Qatar. Vamos trabalhar na escolha de pneus e procurar boa afinação e será excelente voltar a correr na Europa.´

Tags:
MotoGP, 2008, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA, John Hopkins, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›