Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista atribui culpas de colisão com Simoncelli a motor

Bautista atribui culpas de colisão com Simoncelli a motor

Álvaro Bautista recusa-se a culpar Marco Simoncelli pela colisão na última volta e que resultou na desistência dos pilotos numa altura que tinha já as duas primeiras posições do pódio garantidas. O espanhol aponta antes um problema mecânico com a sua Mapfre Aspar Aprilia RSA como razão da colisão.

Álvaro Bautista recusa-se a culpar Marco Simoncelli pela colisão na última volta e que resultou na desistência dos pilotos numa altura que tinha já as duas primeiras posições do pódio garantidas. O espanhol aponta antes um problema mecânico com a sua Mapfre Aspar Aprilia RSA como razão da colisão.

Simoncelli rodou colado a Bautista durante quase toda a corrida e tudo deixava antever um luta forte pela vitória na última volta entre os dois. Ao invés disso, foi Mika Kallio, da Red Bull KTM, o inesperado vencedor depois da colisão dos dois primeiros.

`Na curva a minha moto parou o Simoncelli bateu-me´, disse o antigo Campeão do Mundo de 125cc depois da corrida.

`Até lá foi uma corrida a dois e estava mesmo a dar o máximo porque sabia que ele me podia passar. Não foi culpa dele; o motor parou na curva. Foi uma pena porque até então as coisas estavam a correr bem.´

Num momento de grande desportivismo, os pilotos da Aspar e da Metis Gilera abraçaram-se ainda na gravilha e perdoaram-se pelo incidente, enquanto Mattia Pasini cruzava a meta em segundo para manter a liderança da classificação das quarto de litro.

Tags:
250cc, 2008, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›