Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Talmacsi luta contra história e azar

Talmacsi luta contra história e azar

Se o Campeão do Mundo de 125cc Gabor Talmacsi quiser manter o ceptro que conquistou no final de 2007, o húngaro terá de ver grandes mudanças na sua sorte enquanto procura inverter a tendência da categoria mais baixa em que, em mais de uma década, não se vê um piloto renovar o título.

Se o Campeão do Mundo de 125cc Gabor Talmacsi quiser manter o ceptro que conquistou no final de 2007, o húngaro terá de ver grandes mudanças na sua sorte enquanto procura inverter a tendência da categoria mais baixa em que, em mais de uma década, não se vê um piloto renovar o título.

Problemas técnicos com a sua Bancaja Aspar Aprilia nas duas primeiras rondas do ano deram a Talmacsi um 12º posto no Qatar e não lhe permitiram terminar a corrida de Jerez, deixando-o com apenas quatro pontos na classificação das 125cc – 18º com menos 30 pontos que o actual líder Simone Corsi.

As primeiras rondas de 2007 conheceram vários vencedores diferentes na categoria mais baixa do Campeonato do Mundo, mas Mattia Pasini descobriu por si próprio os custos de tentar recuperar o terreno perdido com tantos pilotos capazes de vencerem corridas.

Talmacsi vai, assim, necessitar de grandes melhorias na terceira jornada do ano em Portugal se quiser tornar-se no primeiro piloto a conquistar o ceptro das 125cc duas vezes seguidas desde o nipónico Haruchika Aoki em 1995 e 1996 com a Honda.

Desde então, vários Campeões tentaram fazer o mesmo, mas sem sucesso, enquanto vários detentores do título de 125cc não defenderam as suas coroas por passarem para as quarto de litro no ano seguinte, nomeadamente Valentino Rossi, Roberto Locatelli, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso e Álvaro Bautista.

Outro japonês Campeão do Mundo de 125cc, Kazuto Sakata, que triunfou em 1998 com a Aprilia, teve dificuldades em repetir o feito no ano seguinte depois de mudar para a Honda – terminando em 14º enquanto o título foi ganho por Emílio Alzamora.

O espanhol Alzamora perdeu depois o ceptro para o actual piloto das 250cc Roberto Locatelli em 2000, terminando a época atrás do vice nipónico Youichi Ui.

Manuel Poggiali, de São Marino, foi quem esteve mais perto de revalidar a coroa em 2002. O Campeão do Mundo de 125cc de 2001 terminou no segundo posto na época de defesa do título, atrás de Arnaud Vincent por uma margem de 19 pontos.

Contudo, 2003 foi um ano difícil para Vincent, com resultados fracos a levarem à partida da KTM a meio da época – o espanhol terminou em 18º depois de completar a campanha com a Aprilia.

O último piloto a tentar o que Talmacsi quer conseguir este ano foi o suíço Thomas Lüthi, Campeão de 2005 e oitavo no ano seguinte.

Tags:
125cc, 2008, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA, Gabor Talmacsi, Bancaja Aspar Team

Outras actualizações que o podem interessar ›