Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista alcança vitória indiscutível em Portugal

Bautista alcança vitória indiscutível em Portugal

Álvaro Bautista garantiu os primeiros pontos da época de 2008, garantindo no Estoril uma vitória indiscutível na classe de 250cc. O piloto da Mapfre Aspar mostrou-se imparável desde a primeira volta, aumentando progressivamente a sua vantagem para os demais, conseguindo assim repetir a vitória obtida em 2007.

Álvaro Bautista garantiu os primeiros pontos da época de 2008, garantindo no Estoril uma vitória indiscutível na classe de 250cc. O piloto da Mapfre Aspar mostrou-se imparável desde a primeira volta, aumentando progressivamente a sua vantagem para os demais, conseguindo assim repetir a vitória obtida em 2007.

O espanhol tem agora três vitórias no Estoril em 250cc, mas conseguiu igualmente um bom triunfo na corrida de 125cc em 2006. A vitória garante-lhe entrar na luta pelo título, após os problemas do Qatar e Jerez.

Marco Simoncelli, que tivera um acidente com Bautista em Jerez – foi de novo o único que se aproximou dele, ainda que terminasse a corrida a mais de sete segundos do vencedor. Conseguiu para si e para a Gilera, o primeiro pódio na classe 250cc, mas viu-se de novo envolvido nalguma polémica, já que no final da corrida parece ter "fechado a porta" ao pilotos da Red Bull KTM – novo líder do campeonato – impedindo-o de tentar chegar ao segundo lugar mesmo em cima da meta.

Já mais calmo após o violento gesticular na direcção de Simoncelli, após cortarem a meta, Kallio sai ainda assim do Estoril, com uma dúzia de pontos de vantagem na tabela provisória do Mundial, continuando assim a coleccionar pódios, o que combinado com o abandono prematuro de Mattia Pasini, faz com que a operação Estoril possa ser considerada um verdadeiro sucesso.

Após um esforço final, Thomas Lüthi garantiu a quarta posição para a equipa Emmi-Caffe Latte Aprilia à frente do piloto da Red Bull KTM Hiroshi Aoyama e da JiR Team Scot pilotada por Yuki Takahashi.

Julian Simon, Hector Barberá and Hector Faubel added to the Spanish top ten contingent, joined by Czech rider Lukas Pesek.

Polaris World rider Pasini crashed not once but twice in the quarter litre race; the Italian fell for the first time when battling with Hiroshi Aoyama for third and, after picking himself and his Aprilia back up, took another tumble when he discovered that his brakes had been damaged in the previous incident.

Tags:
250cc, 2008, bwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›