Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden não muito abatido com queda em Portugal

Hayden não muito abatido com queda em Portugal

A queda de Nicky Hayden no bwin.com Grande Prémio de Portugal pode não ter sido tão desapontante como em 2006, em que não terminou, mas o resultado ainda fez moça nas possibilidades do Campeão do Mundo de 2006 de lutar pelo título.

A queda de Nicky Hayden no bwin.com Grande Prémio de Portugal pode não ter sido tão desapontante como em 2006, em que não terminou, mas o resultado ainda fez moça nas possibilidades do Campeão do Mundo de 2006 de lutar pelo título.

O `Kentucky Kid´ estava em quarto quando sofreu a queda e, apesar de não ter apresentado desculpas para o incidente, não lamentou as tentativas que fez para seguir atrás do três primeiros.

`À entrada para a curva da Orelha, a descer, puxei demais a frente e caí,´ lamentou Hayden. `As condições não eram fáceis. Sentia-me bem no início – tinha chovido quando fizemos a volta de aquecimento – por isso talvez tenha optado por um pneu muito macio.´

`A queda foi culpa minha – estava a puxar muito na curva – mas não me posso desculpar por isso, não estava a passear. Felizmente estou bem, por isso vamos tentar ultrapassar isto e seguir em frente.´

`O Nicky estava a puxar um pouco demais, mas sentimo-nos encorajados pelos tempos dele. Tinha de recuperar dois segundos para os da frente, e foi por isso que caiu, mas os tempos deles eram mesmo encorajadores,´ acrescentou o chefe de equipa do piloto da Repsol Honda, Pete Benson.

`O nosso objective são claramente os pódios. A moto está a trabalhar mesmo muito bem, o Nicky está contente com ela e, tivéssemos tido um início melhor aqui e ele talvez estivesse lá.´

Tags:
MotoGP, 2008, bwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, Nicky Hayden, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›