Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Puig contente com resultado satisfatório do Estoril

Puig contente com resultado satisfatório do Estoril

O terceiro pódio em igual número de corridas em 2008 por parte de Dani Pedrosa foi o suficiente para o manter na liderança do Campeonato do Mundo, se bem que em conjunto com o rival e vencedor do bwin.com Grande Prémio de Portugal, Jorge Lorenzo. Um resultado que deixou o manager e mentor do jovem espanhol, Alberto Puig, satisfeito.

O terceiro pódio em igual número de corridas em 2008 por parte de Dani Pedrosa foi o suficiente para o manter na liderança do Campeonato do Mundo, se bem que em conjunto com o rival e vencedor do bwin.com Grande Prémio de Portugal, Jorge Lorenzo. Um resultado que deixou o manager e mentor do jovem espanhol, Alberto Puig, satisfeito.

O vice-Campeão de MotoGP de 2007 soma agora cinco pódios consecutivos – incluindo as duas últimas rondas de 2007 – e a prestação apresentada em Portugal junta-se ao terceiro posto no Qatar e a vitória em Jerez, totalizando 61 pontos, os mesmo já granjeados pelo estreante da categoria rainha Jorge Lorenzo e mais 14 que o terceiro classificado Valentino Rossi.

Depois de largar da segunda posição da grelha no bwin.com Grande Prémio de Portugal, Pedrosa esteve sempre na luta pela vitória com a forte dupla da Fiat Yamaha composta por Lorenzo e Rossi, mas acabou por ter de se contentar com o intermédio do pódio.

Analizando a sólida prestação, Puig comentou: `Não foi mau. Tratou-se de uma corrida difícil porque no início havia alguma chuva e estávamos um pouco preocupados, mas felizmente não aconteceu nada e correu tudo bem. Lutámos muito.´

`Houve pontos onde não éramos tão rápidos e no final não conseguimos (vencer), mas o segundo lugar é suficientemente bom para nós aqui e agora vamos para a China com boas expectativas.´

No que toca à força do conjunto Michelin/Honda RC212V na terceira ronda do calendário, Puig concluiu: `Penso que os pneus estiveram bem, mas houve pequenas coisas na moto que não pudemos usar e podem fazer diferença, mas não podemos colocar as culpas nisso e não podemos esperar vencer todos os fins-de-semana. Por isso, vamos para a próxima jornada com bom espírito.´

Depois de ter sido o mais rápido nos testes de segunda-feira, que se seguiram ao GP de Portugal, Perdosa disse: `Foi mais um dia de testes positivo. Focámos-nos no teste de pneus com a Michelin, tanto no que toca aos pneus de corrida, como com os de qualificação, porque tenho de melhorar a minha prestação nas qualificações. O dia de trabalho ajudou-nos a preparar o GP da China e a melhorar ainda mais a nossa afinação base.´

`Também fizemos algum trabalho de chassis e suspensão para melhorar o comportamento da frente durante as travagens mais fortes porque este aspecto da prestação é particularmente importante em Xangai e também trabalhámos na electrónica.´

Tags:
MotoGP, 2008, bwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›