Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bartol comenta técnica de Kallio para aquecimento de motor

Bartol comenta técnica de Kallio para aquecimento de motor

O Director Desportivo da Red Bull KTM, Harald Bartol, falou com o motogp.com, dando um olhar sapiente sobre a técnica de aquecimento do motor usada por vários concorrentes das 250cc, incluindo a do seu líder do campeonato Mika Kallio, que tapa o radiador com fita adesiva para provocar o aumento de temperatura.

Com Mika Kallio, da Red Bull KTM, a lutar para manter a liderança nas 250cc, categoria que se está a revelar muito competitiva, a sua equipa sabe bem que as mais pequenas margens podem fazer a diferença nas corridas e todas as medidas disponíveis para aumentar a competitividade são aproveitadas.

Com as variações climatéricas a serem um factor fundamental ao longo de todo o fim-de-semana da terceira jornada do ano no Estoril, em particular o vento e a chuva, que não afectam apenas a estabilidade do piloto na pista, mas que causam também significativas flutuações de temperatura, algo que é crítico para a performance do motor.

A formação da KTM de Harald Bartol é uma de várias equipas a usar uma técnica específica para o aquecimento do motor em condições como esta e que permite ao piloto escolher quando arrefecer o motor assim que a corrida começa.

`O que fazemos é colocar fita adesiva no radiador,´ explicou o patrão da equipa em relação à técnica que Kallio tem usado. `Depois temos uma fita adesiva que ele pode tirar enquanto está na pista. O motivo disto é, caso a temperatura aumente em situações de cone de ar, dar ao piloto a possibilidade de arrefecer o motor entre cinco a seis graus, o que pode causar uma diferença de potência na ordem de um cavalo.´

`A fita adesiva que temos no radiador é melhor por questões aerodinâmicas, é por isso que usamos este sistema em vez de um termostato. Seria mais fácil de se regular a si próprio, mas não é bom em termos aerodinâmicos.´

Revelando que Kallio cai contar com moto melhorada na quarta jornada, Bartol acrescentou: `Na China devemos conseguir melhorar a potência do motor um pouco. Vamos receber algumas peças novas na China e em França, por isso estou desejoso por estar um pouco mais perto das Aprilia nos dez primeiros, o que é muito importante na China.´

`Em França não é tão importante, já que a recta não é tão longa. Se bem que, até determinado ponto, é muito importante em todos os sítios onde o nosso objectivo é fazer melhorias no lado da afinação do chassis, mas creio que devemos estar em bom plano nas próximas duas corridas.´

Tags:
250cc, 2008, Red Bull KTM 250

Outras actualizações que o podem interessar ›