Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards assina a pole com novo recorde em Xangai

Edwards assina a pole com novo recorde em Xangai

O piloto da Tech3 Yamaha garantiu a primeira pole desde o GP de Inglaterra de 2007 e logo com novo recorde em Xangai.

No mais recente capítulo do seu surpreendente ressurgimento com a Tech3 Yamaha, Colin Edwards assinou a pole para o Pramac Grande Prémio da China na última volta que fez ao circuito de Xangai.

Depois de ter rodado entre os homens da frente nas sessões de treinos, Edwards aniquilou o recorde da pole de Valentino Rossi de 2007 por quase três décimos de segundo com uma volta em 1m58,139s nos momentos finais da sessão. Ele foi o único piloto a fazê-lo, reclamando assim a terceira pole na sua carreira de MotoGP e a primeira desde que mudou para a formação satélite da Yamaha.

O próprio Rossi largará da segunda posição da grelha, com um tempo de 1m58,494s, pouco acima do registo do ano passado. O italiano lutou pela vitória com Casey Stoner e perdeu em 2007, e a repetição deste cenário é uma possibilidade caso a dupla consiga passar Edwards na partida e isolar-se na frente.

A primeira linha da grelha fica completa com o Campeão do Mundo de 2007 Stoner, que garantiu uma posição nos três primeiros da grelha pela primeira vez este ano. O australiano esteve na luta pela pole ao longo de toda a sessão antes de acabar por sucumbir ao ritmo dos pilotos da marca dos três diapasões.

O homem da pole nas três corridas já disputadas este ano, Jorge Lorenzo, vai liderar a segunda linha da grelha em Xangai. A prestação de Lorenzo foi verdadeiramente impressionante tendo em conta as dúvidas que pairavam sobre a sua participação na sessão.

A fractura no tornozelo esquerdo e as dores na mão direita significam que o espanhol não era um dos homens com participação garantida nos procedimentos e a extensão das suas lesões fizeram com que tivesse de ser ajudado a sair da moto pela sua equipa de mecânicos. Ele quase repetiu a queda de sexta-feira, mas conseguiu evitar o que seria mais um fortíssimo impacto no asfalto.

Inseparáveis nas primeiras três corridas, Lorenzo e Dani Pedrosa, da Repsol Honda, vão continuar a sua luta particular a partir da segunda linha da grelha numa corrida onde é quase certo que ponham fim à igualdade pontual que os coloca na liderança do Campeonato.

Tal como Edwards um dos veteranos do MotoGP, Loris Capirossi foi sexto com a sua Rizla Suzuki GSV-R, sendo também o último piloto a rodar no segundo 59.

A terceira linha é composta por James Toseland, o estreante do MotoGP na Tech3 Yamaha, o companheiro de equipa de Capirossi Chris Vermeulen e Randy de Puniet, da LCR Honda. Este último sofreu queda durante a acidentada sessão onde Andrea Dovizioso, Nicky Hayden, Shinya Nakano e John Hopkins foram os outros pilotos a terem contacto directo com o asfalto.

Tags:
MotoGP, 2008, PRAMAC GRAND PRIX OF CHINA, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›