Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi reduz o tempo na terceira sessão de livres de MotoGP

Rossi reduz o tempo na terceira sessão de livres de MotoGP

O italiano lidera, à frente de Pedrosa e Stoner no que se espera ser uma luta a três pela pole depois de já ter sido o mais rápido na sexta-feira.

Como previsto pelo italiano Valentino Rossi na tarde de sexta-feira, o cinco vezes Campeão do Mundo parece estar destinado a entrar na luta pela vitória com o Campeão do Mundo Casey Stoner e o vencedor da corrida de 2006 Dani Pedrosa no Pramac Grande Prémio da China.

Os três pilotos a contarem com vitórias na categoria rainha em Xangai foram, uma vez mais, os melhores da tabela de tempos na terceira sessão de treinos livres, melhorando os registos feitos ontem. Rossi foi de novo o primeiro com um crono de 1m59,690s, se bem que já tinha afirmado que as condições matinais lhe eram favoráveis.

Pedrosa rodou abaixo da barreira dos dois minutos pela primeira vez nos últimos cinco minutos de trabalho, marca também atingida por Stoner enquanto o trio ficou separado apenas por dois décimos de segundo. A diferença entre Pedrosa e Rossi foi inferior a cinco centésimos.

Em bom plano esteve também o antigo companheiro de equipa na formação de fábrica da Yamaha, Colin Edwards, que terminou em quarto, próximo do registo de Stoner. O norte-americano ficou à frente de outro veterano que está a ressurgir; Shinya Nakano foi o segundo mais lesto da Honda, terminando à frente do Campeão do Mundo de 2006 Nicky Hayden.

Loris Capirossi, da Rizla Suzuki, John Hopkins,da Kawasaki, e o estreante italiano do JiR Team Scot Andrea Dovizioso fecharam a lista de pilotos que rodou a um segundo do tempo de Rossi, com Chris Vermeulen a completar o Top 10 aos comandos da segunda Suzuki GSV-R.

Enquanto isso, Jorge Lorenzo colocou os tornozelos fracturados à prova durante a manhã. O estreante tem estado muito bem até ao momento na qualificação, mas terá muitas dificuldades em conseguir a quarta pole em igual número de corridas, tendo em conta que está ainda muito fragilizado das lesões e que Rossi e Stoner estão com um ritmo fortíssimo. O espanhol não recebeu analgésicos, pelo que a sua presença em pista foi um verdadeiro feito.

Lorenzo foi 14º na sessão, tendo como melhor tempo a marca de 2m00,799s o que, atendendo ao estado em que se encontra, não deixa de ser um tempo respeitável.

Tags:
MotoGP, 2008, PRAMAC GRAND PRIX OF CHINA, FP3

Outras actualizações que o podem interessar ›