Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Debon lamenta queda de Xangai

Debon lamenta queda de Xangai

O piloto das 250cc acredita que a primeira vitória na categoria podia ter surgido na China, não fosse a queda nas voltas iniciais.

Levando a cabo um tipo de recuperação diferente da do grande amigo Jorge Lorenzo, Alex Debon recuperou de uma queda no início do Pramac Grande Prémio da China para terminar em quinto em Xangai.

O piloto da Lotus Aprilia largou de 11º da grelha e, sem o contratempo da qualificação e a queda na quinta volta, podia muito bem ter lutado pela vitória. A recuperação tornou-se ainda mais impressionante devido aos danos sofridos na moto e às condições traiçoeiras da pista quando chegou a chuva.

`Foi uma das minhas melhores corridas molhadas, o que me faz ter ainda mais pena da queda. Estava a rodar tão rápido como os líderes e podia ter lutado pela vitória,´ lamentou Debon, que rodou de forma regular no segundo 17 na sua batalha através do pelotão numa prestação ao mesmo nível da do vencedor da corrida Mika Kallio.

`Quase não tinha poisa pés para me apoiar e tive alguns problemas de travões,´ acrescentou, reiterando o duro teste a que foi colocado à prova numa das pistas mais rápidas do calendário de Grandes Prémios. `Dei o máximo e coloquei-me de novo entre os da frente.´

Debon ruma agora para um território mais familiar com a sequência de provas europeias que se avizinham e que o devem ajudar a tirar partido da sua experiência.

`Deixo a China muito excitado com as próximas corridas em França, Itália e Catalunha. Agora espero começar o campeonato de novo e que os resultados reflictam os nossos objectivos de forma mais próxima.´

Tags:
250cc, 2008, Alex Debon, Lotus Aprilia

Outras actualizações que o podem interessar ›