Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Webb a dar o máximo apesar das dores

Webb a dar o máximo apesar das dores

Depois da grande queda na qualificação de sexta-feira em França o jovem inglês Danny Webb está a dar o máximo, apesar de rodar com muitas dores.

Danny Webb, da Degraaf Grand Prix, está com dores nas costas, mão e pé esquerdos em consequência de forte queda sofirda na primeira sessão de qualificação das 125cc na tarde de sexta-feira, mas ainda assim conseguiu reduzir a diferença para o Top 10 nos treinos livres deste sábado.

O inglês de 17 anos, que está na segunda temporada completa no Campeonato do Mundo este ano, foi o 12º mais rápido no sábado de manhã no Alice Grande Prémio de França e falou com o motogp.com depois da sessão.

`A queda de ontem foi muito grande, provavelmente a maior da minha carreira,´ explicou o graduado da Red Bull MotoGP Academy. `Voei alto e depois caí, magoei-me um bocado nas costas. Também me aleijei no polegar e num dedo do pé, mas sinceramente isso não é problema. O complicado são as minhas costas quando me encolho na moto.´

`Fico com algumas dores, mas correr de moto é assim,´ continuou o bravo adolescente. `Temos de fazer todas as batalhas para nos podermos sagrar campeões.´

O britânico que roda com uma Aprilia teve início de época 2008 inconsistente, rodando rápido e mostrando o seu potencial com bons resultados no Qatar e em Portugal, mas não terminando em Jerez e na China – por isso, está apostado numa performance sólida na quinta ronda da temporada.

Questionado sobre se as lesões estavam a afectar o seu estilo de pilotagem, Webb respondeu: `Quando me concentro totalmente não me afecta assim tanto. A adrenalina começa a circular e não é tão doloroso como seria se estivesse a fazer coisas normais.´

Tags:
125cc, 2008, ALICE GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›