Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Lorenzo falam da dobradinha

Rossi e Lorenzo falam da dobradinha

Valentino Rossi e Jorge Lorenzo partiram lado a lado da grelha e acabaram mesmo por terminar da mesma forma, garantindo magnífica dobradinha da Fiat Yamaha.

A Fiat Yamaha não teve nenhum representante na primeira linha da grelha pela primeira vez esta época em Le Mans, mas a formação de fábrica terminou o dia de forma espectacular com as duas primeiras posições do pódio. Os dois pilotos estavam muito contentes com o resultado, com Rossi a igualar os 90 triunfos em Grandes Prémios de Angel Nieto e Lorenzo a ir além das expectativas de todos com o segundo posto.

Valentino Rossi – Vencedor

`Chegar às 90 vitórias desta forma e igualar o recorde do Angel é um sonho para mim. Tinha muita pressão porque o Angel estava à espera com o fato especial para se juntar a mim na moto, por isso tinha mesmo de ganhar! Em conjunto, 180 vitórias numa moto é impressionante, penso eu! Honestamente não esperava ser tão rápido hoje, mas em conjunto com o Jeremy e com os outros decidimos fazer algumas pequenas modificações esta manhã e na corrida a minha M1 e os meus Bridgestone funcionaram de forma brilhante de início a fim. Quando começou a chover um pouco pensi `Oh Não!´ e abrandei um pouco e tentei rodar com suavidade; tinha um ritmo muito bom e não queria mesmo trocar de moto. Felizmente a chuva parou rapidamente e consegui continuar da mesma forma. É muito bom para a Yamaha conseguir os três primeiros lugares e quero dar os parabéns ao Jorge em particular pelo fantástico trabalho que fez no estado em que está. Obrigado a todos na equipa; o trabalho que a Yamaha fez em três meses é incrível. Diverti-me muito hoje, a atmosfera na nossa garagem é perfeita e agora vamos ter mais dois importantes dias de testes, tentar melhorar ainda mais e depois rumar a Mugello!´

Jorge Lorenzo - 2º

`Primeiro quero dar os parabéns à Yamaha porque é fantástico ter três pilotos no pódio e isso demonstra o quão forte é a nossa moto. Depois do fim-de-semana que tive, com as quedas e muitas dores, nem consigo acreditar que estou aqui! Passei a noite toda preocupado com a corrida porque pensava que ia ser demasiado dura. Era um sonho terminar em sexto ou sétimo, especialmente quando não consegui melhor que 11º no warm up. Sabia que tinha de tentar, mas na grelha um dos meus mecânicos lembrou-me que os meus rivais eram apenas os mesmos que em Portugal; foi uma boa motivação. Tive alguns problemas depois da largada e é claro que temos de trabalhar neles, mas passou um bocado encontrei o meu ritmo de novo e consegui recuperar posição e passar alguns pilotos. Penso que a chuva me ajudou pela primeira vez na minha carreira porque começaram todos a rodar um pouco mais devagar durante algumas voltas, mas o segundo posto é incrível e penso que pareço um pouco mais contente esta tarde! Agora temos de trabalhar o mais possível para recuperar das minhas lesões e melhorar o meu estado físico para poder dar o meu melhor em Mugello.´

Tags:
MotoGP, 2008, ALICE GRAND PRIX DE FRANCE, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›