Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa mantém domínio na Catalunha durante a tarde

Pedrosa mantém domínio na Catalunha durante a tarde

Dani Pedrosa voltou a ser o mais rápido na sessão de livres de MotoGP da tarde de sexta-feira em Barcelona.

O mais rápido da sessão matinal, Dani Pedrosa, voltou a brilhar na tarde de sexta-feira ao assinar o melhor tempo da segunda sessão de livres de MotoGP no Circuito da Catalunha. O espanhol começou os preparativos para a corrida caseira com um tempo de 1m43,017s na exigente pista de Barcelona, que, de uma forma ou de outra, afectou metade do pelotão de 18 pilotos.

Pedrosa esteve entre os vários que caíram, indo ao asfalto ao cabo de dez minutos da segunda sessão, logo depois de assinar o melhor registo do dia. O piloto saiu ileso da queda.

O segundo mais lesto nas tabelas combinadas de tempos foi Loris Capirossi, continuando a mostrar consistente regresso à boa forma aos comandos da Rizla Suzuki GSV-R. O italiano ficou a 0,006s de Pedrosa, com os quatro primeiros a ficarem separados por menos de um décimo de segundo. Capirossi sofreu duas saídas de pista esta tarde.

Valentino Rossi, da Fiat Yamaha, e Casey Stoner, da Ducati Marlboro, foram os pilotos que completaram a lista dos quatro primeiros depois de um dia cheio de acontecimentos para ambos. Rossi chamou às atenções com a decoração especial em homenagem aos `Azzurri´, enquanto Stoner teve problemas iniciais com o traçado que levaram a uma queda e saída de pista durante a manhã.

Alex de Angelis manteve a forma de Mugello ao garantir o quinto posto, à frente de Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki, e de Shinya Nakano, o companheiro de equipa de De Angelis na San Carlo Honda Gresini.

A aprender o Circuito da Catalunha, James Toseland, da Tech3 Yamaha, foi o oitavo, enquanto a dupla norte-americana Nicky Hayden e Colin Edwards completou o Top 10.

A maior queda da tarde foi protagonizada por Jorge Lorenzo. O piloto da casa e candidato ao título foi cuspido da moto, quase como em Xangai, mas a menor altura, seguindo-se a incursão pela gravilha. O piloto da Fiat Yamaha foi levado para a Clínica Móvel e não tomou parte no resto dos treinos da tarde, com os mais recentes relatórios a indicarem um fractura no dedo anelar direito e uma contusão no tornozelo.

Outro piloto a terminar o trabalho mais cedo foi John Hopkins, que completou apenas uma mão cheia de voltas antes de ser também ele cuspido da sua Kawasaki Ninja ZX-RR, enquanto Randy de Puniet sofreu a segunda queda do dia na sessão da tarde.

Tags:
MotoGP, 2008, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›