Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melhoramentos agradam a Nakano depois de teste de travões e pneus

Melhoramentos agradam a Nakano depois de teste de travões e pneus

Shinya Nakano fechou o fim-de-semana no Circuito da Catalunha com o terceiro lugar na tabela de tempos no teste de segunda-feira depois de bem sucedido dia de trabalho.

Os resultados de corrida de Shinya Nakano desde que passou para a San Carlo Honda Gresini têm sido muito constantes, mas perto do final dos dez primeiros não é o local onde o nipónico quer estar.

Levando a cabo um teste vespertino na pista de Montmeló, a Norte de Barcelona, na companhia da maioria dos pilotos do MotoGP na segunda-feira, Nakano focou-se nos melhoramentos da competitividade da sua Honda satélite calçada com Bridgestone, estabelecendo voltas rápidas de forma consistente ao longo de toda a tarde.

A introdução de melhorias por parte dos fornecedores de travões Nissin ajudou o piloto de 30 anos a melhorar os seu tempos por volta, com as condições climatéricas favoráveis a serem também importante ajuda. O melhor tempo de 1m42,039s com pneus de qualificação foi 0,604s mais lesto que o seu melhor de sábado e deve ter aumentado a confiança de Nakano enquanto procura ir além de nono da grelha, posição que ainda não melhorou este ano.

Resumindo as 50 voltas de teste Nakano comentou: `As condições da pista estavam melhores que na corrida de domingo, já que não choveu durante a noite e consegui melhorar os meus tempos em preciosos décimos. Também fizemos notáveis melhorias com os pneus de qualificação em cerca de meio segundo.´

`Também trabalhámos para adaptar mais a moto ao meu estilo de pilotagem e tentei ser mais suave com ela, com o objectivo de aumentar a vida do pneu. Os resultados foram satisfatórios e estou confiante para as próximas corridas. Ainda temos de melhorar a aceleração porque para mim o motor ainda está um pouco agressivo. Necessitamos de potência nos regimes mais baixos, não só velocidade de ponta, por isso fizemos alguns ajustes ao mapeamento do motor e controlo de tracção, mas não é fácil melhorar.´

O companheiro de equipa de Nakano, Alex de Angelis, também ficou contente com o progresso feito ao concluir o dia em quinto, afirmando: `Testámos novo travão frontal hoje e estamos contentes com o resultado. Ter um travão frontal mais potente permitiu-me melhorar os meus tempos por volta, por isso vamos usá-lo no próximo GP em Inglaterra. Também trabalhámos muito com a Bridgestone, testando pneus de corrida e de qualificação com o objectivo de confirmar as mudanças feitas em Mugello. Estou contente com a forma como o dia correu porque confirmámos que podíamos ter tido bom ritmo de corrida.´

Tags:
MotoGP, 2008, Shinya Nakano, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›