Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso mostra-se na molhada sessão de sábado de MotoGP

Dovizioso mostra-se na molhada sessão de sábado de MotoGP

Andrea Dovizioso colocou-se na frente da corrida à pole de MotoGP desta tarde ao assinar o melhor tempo do fim-de-semana no molhado na última sessão de livres.

Um final emocionante na última sessão de treinos livres de MotoGP viu Andrea Dovizioso terminar com o melhor tempo da manhã. O piloto do JiR Team Scot foi o único a não conseguir fazer melhorias na tarde ontem, mas estava de regresso à forma esta manhã na muito molhada pista de Donington, que se revelou um novo desafio para todos.

O melhor tempo de Dovizioso foi de 1m43,957s, ficando à frente de outro piloto cuja capacidade de competir ao melhor nível esteve em dúvida. Dani Pedrosa, da Repsol Honda sofreu forte queda na segunda sessão de sexta-feira, mas continuou em bom plano com o bloco de válvulas de molas na sua Repsol Honda RC212V terminando apenas a 0,038s de Dovizioso.

O segundo piloto de fábrica da Honda, Nicky Hayden, mostrou uma vez mais dar-se melhor com o motor de válvula pneumática, ficando a meio segundo do companheiro de equipa, em terceiro e com motivos para estar optimista para a qualificação.

O `Homem da Chuva´ do MotoGP, Anthony West, não teve motivos de queixa do típico tempo britânico ao apresentar a melhor prestação do ano. O piloto da Kawasaki passou a paragem entre a Catalunha e Donington a testar no Japão e parece ter encontrado o caminho certo para atacar os problemas de aderência de que se queixava.

Depois da indignidade de terminar atrás do estreante Ben Spies na tabela combinada de tempos de ontem, Sylvain Guintoli voltou a mostrar boa forma ao ser o mais rápido da Ducati com o quinto tempo, à frente do Campeão do Mundo Casey Stoner, que liderou a maior parte da sessão.

Alex de Angelis voltou a colocar-se no topo da tabela, ficando à frente da dupla da Fiat Yamaha composta por Jorge Lorenzo e Valentino Rossi, respectivamente, bem como à frente de Spies.

Enquanto nenhum dos dez primeiros foi ao tapete, houve, ainda assim, cinco quedas. Randy de Puniet, Chris Vermeulen, John Hopkins, Shinya Nakano e o piloto da casa James Toseland foram os homens a terem contacto mais directo com o asfalto de Donington esta manhã.

Tags:
MotoGP, 2008, bwin.com BRITISH GRAND PRIX, FP3

Outras actualizações que o podem interessar ›