Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jacque comenta novidade de rodar na IMS

Jacque comenta novidade de rodar na IMS

Desempenhando o seu papel de piloto de testes de MotoGP da Kawasaki, o francês Olivier Jacque é um dos pilotos presentes na sessão de trabalho desta semana em Indianápolis.

O piloto de testes da Kawasaki Olivier Jacque sentiu que tem muito mais trabalho pela frente depois do primeiro contacto com a nova Indianápolis Motor Speedway (IMS) e enquanto recolhe importantes dados para a `Equipa Verde´ e para a Bridgestone no circuito que será usado pela primeira vez no Campeonato do Mundo este ano.

As respostas de Jacque após os dois dias de testes vão ajudar a Kawasaki no primeiro Red Bull Indianápolis Grande Prémio a disputar em Setembro, dando à marca informação de afinações vital para os dois pilotos habituais da formação Anthony West e John Hopkins.

Jacque, que faz 35 anos no próximo mês, analisou a sessão de terça-feira dizendo: `A parte da frente estava muito escorregadia esta manhã. No final do dia estava a melhorar, mas não estava perfeita, mas de manhã estava mesmo traiçoeira. Não fiquei contente com a afinação durante o dia, por isso amanhã vamos concentrar-nos no acerto do chassis.´

O experiente gaulês, Campeão do Mundo de 250cc em 2000, apontou as sensações particulares de rodar na secção murada da IMS, parte que os pilotos de MotoGP vão usar da oval.

`Não foi difícil habituar-me à pista, talvez dez voltas,´ notou Jacque. `É relativamente curta e o mais problema foi habituar-me a rodar contra a parede. É divertido fazê-lo porque isso nunca aconteceria num dos nossos circuitos usuais. Quando se está apenas a um metro da parede temos a noção absoluta da velocidade a que vamos.´

Tags:
MotoGP, 2008, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›