Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner responde aos cépticos com recorde na primeira sessão de Laguna Seca

Stoner responde aos cépticos com recorde na primeira sessão de Laguna Seca

Casey Stoner, da Ducati Marlboro, assinou o tempo mais rápido de sempre de MotoGP em Laguna Seca durante a primeira sessão de treinos livres com vista ao Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos.

A primeira sessão de treinos com vista ao Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos abriu a acção do MotoGP na Mazda Raceway Laguna Seca na sexta-feira de manhã, com poucas questões a ficarem por responder.

Seria Casey Stoner capaz de dominar logo no início, como fez em 2007 e nas últimas três corridas? A resposta foi clara com o Campeão do Mundo de MotoGP a apresentar um impressionante tempo de 1m21,915s durante a sessão de 60 minutos, retirando seis centésimos à sua anterior melhor volta de sempre a Laguna Seca.

Valentino Rossi liderou uma vez mais o que ele já tinha chamado de `segunda tabela´, atrás do australiano, reduzindo a diferença para o Campeão do Mundo para menos de um segundo nos momentos finais da sessão. O piloto da Fiat Yamaha foi o que mais voltas efectuou, cruzando a linha de meta 33 vezes numa das únicas pistas do Campeonato do Mundo de 2008 onde nunca ganhou uma corrida.

A surpresa da manhã veio de Shinya Nakano, da San Carlo Honda Gresini, que foi o terceiro mais lesto no traçado norte-americano. O nipónico tem visto o seu companheiro de equipa Alex de Angelis apresentar tempos rápidos nos treinos e saiu da garagem com ímpeto para apresentar um crono de 1m23,908s.

Chris Vermeulen, da Rizla Suzuki, foi o quarto mais rápido da sessão, à frente de Marco Melandri no que foi uma muito positiva sessão de uma hora. Ambos estiveram no pódio nos Estados Unidos no ano passado e na primeira sessão de 2008 acabaram por fechar um Top 5 totalmente composto por homens Bridgestone.

O duas vezes vencedor de Laguna Seca, Nicky Hayden, foi o melhor com borrachas Michelin, se bem que apesar de estar a correr em casa não conseguiu melhor que ficar a 1,5 segundos da Ducati de Stoner. Andrea Dovizioso, Toni Elias, Colin Edwards e De Angelis fecharam a lista dos dez primeiros.

Enquanto isso, ficaram por responder as questões relativas ao estado físico de Dani Pedrosa depois da queda de Sachsenring, com o espanhol a revelar as dificuldades que vai ter pela frente com o último tempo. Enquanto isso, a prestação dos estreantes Dovioso, De Angelis e Jorge Lorenzo em Laguna Seca estará sob forte observação ao longo do fim-de-semana. Lorenzo terminou com a 13ª marca da manhã, atrás dos wild card e pilotos da casa Ben Spies, da Rizla Suzuki, e Jamie Hacking, da Kawasaki – ambos com trabalho redobrado já que vão também alinhar na acção da AMA.

Tags:
MotoGP, 2008, RED BULL U.S. GRAND PRIX, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›