Compra de bilhetes
VideoPass purchase

A época até ao momento: as 125cc

A época até ao momento: as 125cc

Uma intrigante série de dez corridas de 125cc na primeira metade da época resultaram num certo francês a destacar-se dos demais pilotos da categoria mais baixa.

Conhecido mais pelos seus dotes no molhado, Mike di Meglio tirou todo o partido das condições climatéricas de alguns Grandes Prémios deste ano para construir uma vantagem de 30 pontos na liderança das 125cc, o que lhe dá direito a uma paragem tranquila no Campeonato do Mundo.

O jovem de 20 anos da Ajo Motorsport tem apresentado boas prestações no seco, tal como no molhado, juntando às vitórias na chuva na Alemanha e França o triunfo no seco na Catalunha. As suas performances têm sido um justo prémio para a equipa, já que esta tem trabalhado muito durante os últimos seis anos sob os comandos de Aki Ajo.

As três vitórias de Simone Corsi em Jerez, Estoril e Mugello viram-no surgir como o primeiro líder do Campeonato, mas com apenas um pódio desde que venceu em casa, em Itália, o jovem de 21 anos viu Di Meglio afastar-se na liderança.

Contudo, o seu companheiro na Jack&Jones, Nico Terol, passou por uma mudança de sorte mais acentuada desde o promissor início de época. O catalão não sobe ao pódio desde Le Mans e não terminou a corrida caseira, seguindo-se um oitavo posto em Donington, o que o fez cair para sexto.

O Campeão do Mundo de 125cc Gabor Talmacsi está a recuperar terreno lentamente depois de fraco início de defesa do título que o deixou com apenas quatro pontos ao cabo de duas corridas. A sua vitória em Assen após o reinício da prova e um total de cinco pódios fazem com esteja agora a 59 pontos de Di Meglio.

Talmacsi vai fazer tudo para estar no pódio na próxima ronda, em Brno, onde conta com grande apoio do público da Europa do Leste – e o húngaro deverá também estar muito motivado com as notícias da visita do MotoGP ao seu país pela primeira vez no próximo ano.

Stefan Bradl começou a sua campanha de forma estável, mas perdeu ritmo antes da sua soberba corrida rumo ao segundo posto em casa, em Sachsenring, o que deixou o público em delírio. O adolescente germânico está actualmente na quarta posição do campeonato.

Logo atrás de Bradl surge Joan Olive, em quinto, sendo, até ao momento, o homem do `quase´ com os seus três segundos lugares no Qatar, Estoril e Assen, bem como com as três provas que não logrou terminar em Jerez, Catalunha e Sachsenrng.

Depois de grande pré época, Bradley Smith não esteve altura das expectativas. O adolescente inglês já sofreu uma série de dolorosas quedas e ainda lhe falta alguma coisa para assinar poles e vitórias.

O jovem piloto foi ainda batido na corrida caseira de Donington pelo compatriota Scott Redding e Smith vai certamente dar tudo para garantir a primeira vitória da carreira na segunda metade da época.

Tags:
125cc, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›