Compra de bilhetes
VideoPass purchase

A época até ao momento: GP de Portugal em revista

A época até ao momento: GP de Portugal em revista

Algumas chuvas de Abril e muita acção era o que esperava o Campeonato do Mundo no Estoril e que hoje lhe apresentamos na mais recente edição dos resumos completos de Grandes Prémios.

A terceira ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP viu a competição fazer uma curta viagem de Jerez até ao Estoril para o bwin.com Grande Prémio de Portugal. O palco de algumas das mais emocionantes corridas de MotoGP dos últimos tempos, incluindo a magnífica vitória de Toni Elias em 2006, contou com várias nuvens ameaçadoras provocando condições climatéricas que tornariam o fim-de-semana complicado.

O paddock esteve recheado de especulação no Estoril, grande parte dela centrada nos motores. A história da Repsol Honda com o motor de válvula pneumática foi acompanhada por notícias de John Hopkins a testar o `Screamer´ da Kawasaki para ver o que o bloco tinha para oferecer à sua Ninja ZX-RR.

Os pneus foram para o centro das atenções em Lisboa com a Bridgestone a reunir todos os seu pilotos de MotoGP numa conferência de imprensa na capital. Os pilotos – e a equipa técnica da Bridgestone – estiveram disponíveis para responderem a questões da imprensa e para contacto directo com os fãs. Enquanto isso, a Michelin defendia a sua positiva história no circuito ao longo do fim-de-semana, com as exigências da pista a serem explicadas por Jean-Philippe Webber, do marca francesa de borrahcas.

O vencedor da ronda anterior em Jerez, Dani Pedrosa abriu a pista no Estoril com o melhor tempo dos Treinos Livres de sexta-feira. O espanhol foi a força dominante das sessões com um tempo de 1m38,507, apenas 0,041s mais rápido que o rival Valentino Rossi.

Enquanto Espanha provava ter muito talento na categoria rainha, cortesia de Pedrosa e Jorge Lorenzo, outro homem parecia estar à altura da representação Latina no MotoGP. Jorge Martinez Aspar revelou, no sábado, intenções de gerir uma equipa de 800cc num futuro próximo, com conversas preliminares com a Suzuki.

Lorenzo garantiu a terceira pole do ano em mais uma impressionante sessão de qualificação por parte do piloto da Fiat Yamaha, levando mais uma vez a melhor sobre Pedrosa. As estrelas espanholas ficaram separadas por apenas dois décimos de segundo, com o companheiro de equipa na Fiat Yamaha Valentino Rossi a completar a primeira linha da grelha.

A satélite Tech 3 Yamaha também teve muitos motivos para festejar, com Colin Edwards e James Toseland na segunda linha. A formação de Hervé Poncharal também escolheu o bwin.com Grande Prémio de Portugal para confirmar a renovação de acordos com Toseland e com a Yamaha depois de impressionante início do ano.

A estrela da televisão espanhola Vanessa Romero esteve presente no domingo para dar apoio a Pedrosa e a Lorenzo quando estes pareciam ser os principais protagonistas do duelo português.

Com apenas três corridas na carreira de MotoGP, e numa pista onde nunca tinha tido grandes sucessos nas categorias mais baixas, Lorenzo apresentou-se triunfante no dia da corrida para garantir a primeira vitória na categoria rainha, um feito de registo para um estreante. Ele levou a melhor sobre Pedrosa e Rossi e continuou o bom conjunto de resultados no mundo das 800cc.

Seguiram-se duas semanas de paragem antes da competição rumar à China para a quarta ronda. Essa corrida em particular vai ser o centro das atenções da `Época até ao momento´ de amanhã.

Tags:
MotoGP, 2008, bwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL

Outras actualizações que o podem interessar ›