Compra de bilhetes
VideoPass purchase

O GP em revista: Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos

O GP em revista: Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos

A mais recente ronda de MotoGP de Laguna Seca em revista com alguns dos melhores momentos de vídeo de todo o fim-de-semana.

As apostas eram altas para o Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos, 11ª ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP. A corrida não era apenas importante no que toca ao título, mas também para alguns pilotos da casa. O vencedor de 2005 e 2006 Nicky Hayden era o piloto da casa mais bem sucedido em Laguna Seca com uma máquina de MotoGP, mas tanto ele, como Colin Edwards, iriam contar com a oposição de mais dois homens da casa.

Ben Spies e Jamie Hacking tiveram trabalho redobrado na Suzuki e Kawasaki, respectivamente, já que competiram no MotoGP e no AMA Superbike ao longo do fim-de-semana. Spies usou a terceira GSV-R na sua corrida nas 800cc, enquanto o estreante de MotoGP Hacking rodou no lugar do lesionado John Hopkins - presente na Mazda Raceway Laguna Seca como espectador na sequência das suas recentes lesões.

Os pilotos vieram quase todos directamente de Sachsenring, palco da décima jornada. Chris Vermeulen e Jorge Lorenzo foram dos que chegaram mais cedo, marcando presença numa sessão de autógrafos no Hard Rock Café de São Francisco na terça-feira.

O último a chegar aos Estados Unidos foi Dani Pedrosa, que tinha sido submetido a uma operação recentemente depois do feio acidente que sofreu na Alemanha. O espanhol tinha-se comprometido a avaliar o seu estado físico na , com as conclusões do primeiro dia, tiradas por ele e pelo seu mentor Alberto Puig, a revelarem que não participaria em Laguna Seca.

Enquanto Pedrosa lutava, Casey Stoner dominava as sessões uma vez mais. O australiano quebrou o recorde da pole com pneus de corrida na sexta-feira de manhã e voltou a fazê-lo em FP2. A sessão da tarde foi interrompida por uma queda de Anthony West, um incidente que enfatizou a importância das barreiras de protecção insufláveis usadas na corrida.

A fenomenal forma de Stoner continuou na qualificação, enquanto ele aumentou o número de poles com mais um recorde. Valentino Rossi não conseguiu igualar os tempos do rival, mas mesmo assim garantiu o segundo posto da grelha e a melhor posição para atacar Stoner no início da corrida.

Rossi tinha renovado o contrato com a Yamaha durante o fim-de-semana e algumas antigas estrelas da marca estiveram presentes na pista californiana. Eddie Lawson, Wayne Rainey e Kenny Roberts Sr. foram reconhecidos como `Lendas de Laguna Seca´ pelos seus resultados em território caseiro nos seus tempos de competição.

Com os treinos e qualificação terminados, o domingo foi dia de corridas no Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos. A luta do MotoGP foi de cortar a respiração entre Rossi e Stoner, com algumas ultrapassagens duras. Enquanto Rossi acabou por vencer, o seu companheiro de equipa Jorge Lorenzo a sofrer grande queda na primeira volta, se bem que houve muitos motivos para sorrisos por parte dos fãs da Yamaha.

Tags:
MotoGP, 2008, RED BULL U.S. GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›