Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Circuito de MotoGP de Indianopolis entusiasma Schwantz

Circuito de MotoGP de Indianopolis entusiasma Schwantz

O antigo Campeão Mundial de 500cc, Kevin Schwantz esteve na primeira fila dos testes de MotoGP em Indianapolis e ficou impressionado com o trabalho levado a cabo na histórica pista.

Sete representantes do MotoGP estiveram na pista no Indianapolis Motor Speedway esta semana, com apreço pelo último circuito adicionado ao calendário do Campeonato Mundial. Enquanto os pilotos estiveram presentes para recolher dados para o Red Bull Indianapolis Grand Prix de 14 de Setembro, o antigo Campeão do Mundo de MotoGP, Kevin Schwantz, esteve também, como mentor de Ben Spies, da Suzuki, e fez a sua crítica positiva à pista.

`Acho que o traçado é óptimo e para os espectadores virem aos Estados Unidos e verem pela primeira vez as categorias de 125cc, 250cc e MotoGP todas juntas aqui no Indianapolis Motor Speedway – Meca dos desportos motorizados – é simplesmente fantástico´, disse o americano na conferência de imprensa `MotoGP 101´, feita na Quarta-feira.

O Campeão Mundial de 1993 não lançou elogios à toa e reportou-se ao cepticismo inicial acerca da incorporação da pista, com o seu traçado típico de Indy 500. Apesar da dificuldade de tal projecto, Schwantz só tinha coisas boas a dizer acerca do trabalho levado a cabo no lendário circuito.

`Falámos sobre correr numa pista oval ou numa pista do tipo via rápida, que é um local tipicamente não muito bem colocado. A pista foi submetida a muitas despesas e não fizeram cortes no que diz respeito a fazer deste o melhor evento possível de motociclos aqui nos Estados Unidos. ´

A emblemática recta da meta – uma das mais longas do calendário, envolvendo transição entre mudanças na paragem – deve proporcionar algum entretenimento com as derrapagens e as acelerações no dia da corrida no Red Bull Indianapolis Grand Prix. Quando questionado sobre os melhores locais para ultrapassagens, Schwantz identificou a recta e a sua invulgar primeira curva como locais mais prováveis.

` Os pilotos não vão ter necessariamente que fazer a entrada para a primeira volta por fora e a travar, terão, sim, que derrapar um pouco e subir para conseguir atingir o local´, analisou ele.

`Mas aquele que estiver do lado de for a vai ter que se segurar à linha sempre à votla, voltando ao primeiro aperto do lado direito que lá está. Não digo que não seja possível fazer mas vai ser preciso um homem corajoso para o fazer. ´

Se Spies é o dito homem corajoso vai-se ver no dia 14 de Setembro, quando Schwantz vai estar outra vez a ver da garagem da Rizla Suzuki. O americano vai ficar em Indianapolis para supervisionar a primeira sessão de testes do Red Bull AMA Rookies Cup, que tem lugar amanhã (Quinta-feira).

Tags:
MotoGP, 2008, Kevin Schwantz

Outras actualizações que o podem interessar ›