Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Campinoti quer manter Elias com a Ducati

Campinoti quer manter Elias com a Ducati

O patrão do Alice Team Paolo Campinoti espera convencer Toni Elias a ficar na formação satélite da Ducati depois dos dois pódios do espanhol.

Depois de difícil início de ano, Toni Elias é um dos pilotos em grande forma neste momento no Campeonato do Mundo de MotoGP, com os seus dois pódios consecutivos em Brno e Misano a fazerem dele um piloto muito pretendido.

O simpático homem de Barcelona lutou inicialmente para se adaptar aos novos patrões do Alice Team no início do ano, já que ele – como os novos pilotos na Ducati Marco Melandri e Sylvain Guintoli – a não conseguirem atinar com a Desmosedici GP8 no início da época.

A desclassificação no difícil GP caseiro em Barcelona foi o ponto mais baixo do antigo piloto da Honda Gresini, mas algumas longas conversas com o patrão da Ducati Corse Filippo Preziosi no teste pós corrida na Catalunha e alguns subsequentes melhoramentos na moto inverteram o desenrolar da temporada de Elias.

A boa corrida até ao sétimo posto em Laguna Seca foi seguida por duas excelentes prestações nas duas últimas rondas, fazendo com que Elias tenha subido até ao 12º posto da classificação geral e com a entrada nos dez primeiros muito próxima.

Paolo Campinoti, o homem forte do Alice Team que assumiu os comandos da equipa depois da saída de Luis d´Antin, está compreensivelmente contente com a forma do piloto de 25 anos.

O italiano comentou: `Felizmente este bom período que estamos a ter não parou e espero que possamos continuar isto no futuro. Ele está a melhorar em todas as corridas e esta foi mais uma boa prova. Foi uma boa luta. É muito bom para nós continuarmos desta forma.´

Sobre a melhoria de forma de Elias Campinote acrescentou: `Penso que o Toni está mais confiante com a moto e ele tem mesmo melhorado. Creio que é normal ter problemas no início, por isso espero que ele continue assim no futuro.´

Elias tem sido ligado a uma possível mudança para a Kawasaki em 2009, o que levou o próprio a brincar: `Estou livre se alguém me quiser,´ disse depois da corrida de Misano no domingo, mas Campinoti quer, se possível, manter os serviços do espanhol – enquanto Sylvain Guintoli não deverá fazer parte do alinhamento da formação no próximo ano.

Campinoti disse: `Ainda não está claro. Estou a dar o meu melhor para confirmar o Toni, mas com o outro piloto ainda é cedo para decidir. Não é tão provável que o Sylvain continue connosco.´

Tags:
MotoGP, 2008, Toni Elias, Alice Team

Outras actualizações que o podem interessar ›