Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sequência de pódios traz propostas a Elias

Sequência de pódios traz propostas a Elias

Toni Elias tornou-se um piloto desejado para 2009 depois dos dois pódios consecutivos.

Os positivos resultados de final de temporada trouxeram muitos pilotos das portas de saída do Campeonato do Mundo para a discussão de lugares para 2009, isto numa altura em que as equipas se encontram em fase crucial de finalização dos projectos para o próximo ano. Toni Elias não é nenhum estranho a esta situação, já que em 2006 fez o mesmo ao conseguir brilhante vitória primeira vitória no MotoGP em Portugal. Este ano ele começou um pouco mais cedo, com uma sequência de dois pódios consecutivos em Brno e Misano, e admite que foi depois destes resultados que começaram a surgir propostas.

Elias ainda não decidiu qual vai ser o seu destino e aproveitou a `flash interview´ que se seguiu à corrida para lançar o curioso repto `venham-me buscar´ às partes que possam estar interessadas. Foi algo que reiterou quando falou com o motogp.com depois da mais recente ronda de São Marino.

`Sou um agente livre e já recebi algumas ofertas desde os meus dois fantásticos resultados. Foi-me dada a oportunidade de continuar no Alice Team, passar para a Aspar/Kawasaki ou mais uma, ou duas, opções,´ diz o espanhol, com os patrões das duas equipas, respectivamente Paolo Campinoti e Jorge Martinez Aspar, a revelarem publicamente o seu interesse em fazerem Elias correr em 2009.

`Tenho de avaliar as duas propostas com atenção porque não será uma decisão tomadas apenas com os factores económicos por base. Quero a proposta mais atractiva em termos de resultados, com uma boa moto e equipa.´

Elias negou ainda que a melhoria de resultados se deveu ao facto de se estar a passar pela tradicional época de renovação de contratos em que se está neste momento, enfatizando que só recentemente o Alice Team teve os meios para reclamar pódios.

`Tivemos muitos problemas no início e, mesmo quando encontrámos a raíz do problema em Le Mans, não fomos capazes de fazer nada até a Ducati nos dar componentes competitivos em Sachsenring e Laguna Seca. Antes tínhamos bons pneus, mas sentíamos muitos problemas com o chassis. Melhorámos isto e, em consequência, colocámos a moto satélite no pódio por duas vezes.´

Actualmente em 12º na classificação, Elias está apenas a cinco pontos do oitavo classificado Shinya Nakano.

Tags:
MotoGP, 2008, Toni Elias, Alice Team

Outras actualizações que o podem interessar ›