Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner cai em traiçoeira sessão molhada, mas termina em terceiro

Stoner cai em traiçoeira sessão molhada, mas termina em terceiro

O Campeão do Mundo Casey Stoner sofreu dolorosa queda, mas terminou em terceiro na tabela combinada de tempos do primeiro dia de acção em Indianápolis, enquanto o seu companheiro de equipa Marco Melandri ficou em 14º.

Casey Stoner, da Ducati, foi o terceiro no primeiro dia de acção do Red Bull Indianápolis Grande Prémio cortesia dos esforços que levou a cabo na sessão da manhã, um treino no final do qual ele caiu da sua Desmosedici GP8, ficando com nódoas negras, além de sofrer um toque no seu já lesionado pulso.

Apenas um dos 19 pilotos de MotoGP em pista conseguiu melhorar os seus tempos na sessão da tarde enquanto a chuva piorava; Dani Pedrosa conseguiu melhorar o seu registo que o tinha colocado no final da tabela de tempos durante a manhã, enquanto Stoner registou o oitavo melhor tempo de FP2 enquanto tentava recuperar a sua confiança.

Do outro lado da box da Ducati Marco Melandri era o 10º mais lesto da tarde, mas o 14º da tabela combinada – tudo devido ao melhor tempo que conseguiu na sessão matinal de 90 minutos.

Casey Stoner – terceiro

`As condições da pista variavam de forma drástica entre o piso antigo e o novo. A aderência é boa no piso antigo, mas o novo asfalto não tem aderência nenhuma e a chuva torna tudo ainda pior porque não há drenagem. Se continuar a chover como esta tarde, então não sei muito bem se as condições serão suficientemente seguras para corrermos. No que toca ao desenho, há apenas duas zonas críticas – em particular a curva cinco, onde a escapatória é muito curta. Mas neste momento não há muito que possamos fazer quanto a isso – o melhor seria colocar uma protecção insuflável. Esta manhã caí na zona onde a aderência é pior e é claro que isso não foi bom para o pulso, mas felizmente não criou problemas de maior.´

Marco Melandri – décimo quarto

`Gosto do desenho do circuito – é divertido, mas infelizmente há demasiados tipo de asfalto diferentes e a parte nova é claramente a pior, especialmente à chuva. A moto tende a fazer aquaplaning e não se consegue ver nada por causa do reflexo da água. A aderência no piso mais antigo é boa, mas se continuar a chover vai ser muito difícil. Há duas ou três curvas perigosas: a um, a cinco e a seis, onde o muro está muito próximo. Esta manhã começámos com todo o cuidado, mas no final as coisas melhoraram, enquanto de tarde não tive a possibilidade de fazer tantas melhorias porque as condições eram muito más.´

Tags:
MotoGP, 2008, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, Casey Stoner, Marco Melandri

Outras actualizações que o podem interessar ›