Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi reflecte sobre feito histórico em Indianápolis

Rossi reflecte sobre feito histórico em Indianápolis

Fez-se história no Campeonato do Mundo na chuvosa tarde do primeiro Red Bull Indianápolis Grande Prémio de sempre, com Valentino Rossi a garantir a 69ª vitória de MotoGP que fez dele o piloto mais bem sucedido de todos os tempos.

O final de um fim-de-semana especial de Grandes Prémios viu a luta de MotoGP terminar mais cedo devido ao tempo que se fez sentir na Indianápolis Motor Speedway, mas Valentino Rossi colocou o seu nome nos livros de história ao completar o pleno de pole, volta mais rápida e vitória na catedral do desporto motorizado dos Estados Unidos.

Quando o Furacão Ike e a resultante bandeia vermelha terminaram a corrida na volta 20 de um total de 28, Rossi tornou-se, ao mesmo tempo, no primeiro vencedor de sempre do MotoGP no Brickyard e o piloto mais bem sucedido de todos os tempos – a sua 69ª vitória colocou à frente do compatriota Giacomo Agostini na tabela de vencedores da categoria rainha de todos os tempos, um recorde que levou 30 anos a ser batido.

Rossi perdeu terreno no início da corrida, que foi efectuada numa pista muito molhada e teve de passar por pilotos como Casey Stoner, Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso antes de poder ir atrás do líder Nicky Hayden.

Com a Direcção de Corrida a reduzir a corrida em menos oito voltas, Rossi garantiu o máximo de pontos com a quarta vitória consecutiva, ficando ainda mais perto do sexto título de MotoGP. A estrela italiana está agora com 87 pontos de vantagem sobre o Campeão do Mundo Stoner, cuja coroa pode passar para as mãos do italiano já na próxima ronda em Motegi se terminar em quarto ou melhor.

`Foi muito, muito difícil e foi uma pena terminar mais cedo porque chegou a ser uma corrida normal,´ comentou Rossi. `Eles fizeram um grande trabalho na pista ao limparem a água antes da corrida, por isso foi possível rodar com tão boa velocidade e com bons ângulos de inclinação. No início foi um pouco assustador, mas de todas as formas foi uma boa corrida, uma boa batalha. Tentei afastar-me em todas as voltas e estava à espera da bandeira vermelha. Depois de ser mostrada pensei que foi a decisão certa porque estava muito perigoso.´

Quanto à espectacular quase queda antes do final da corrida, Rossi acrescentou: `Se cometemos um erro a corrida está acabada, por isso estava a tentar compreender o limite. O vento começou a ficar muito forte, fiz um cavalinho à saída da curva 9, abri um pouco a trajectória, cruzei a linha branda e quase perdi o controlo da moto. Por isso tive muita sorte.´

Antecipando as últimas quatro corridas do ano e contemplando a sua excelente possibilidade de recuperar o ceptro pela primeira vez em três anos, o piloto da Fiat Yamaha afirmou: `Agora temos uma vantagem de 87 pontos e temos o primeiro match point em Motegi dentro de duas semanas. Em 2005 tive essa mesma oportunidade em Motegi, mas infelizmente cometi um erro. Por isso, tenho má memória desta situação. Também perdemos o campeonato no ano passado em Motegi, por isso é uma boa oportunidade de tentarmos dar o nosso melhor.´

Tags:
MotoGP, 2008, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›