Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kawasaki roda com Shane Kelly em Melbourne

Kawasaki roda com Shane Kelly em Melbourne

Na preparação do Grande Prémio da Austrália deste fim-de-semana a Kawasaki Racing encontrou algum tempo para uma interessante visita ao Velódromo de Melbourne.

Depois de algumas longas viagens e dos resultados mistos no A-Style Grande Prémio do Japão, a Kawasaki Racing MotoGP passou alguns dias a descansar em Melbourne esta semana antes de rumar a Phillip Island.

Na tarde de quarta-feira John Hopkins e Anthony West juntaram-se ao Director de Competição Michael Bartholemy no Darebin Velodrome de Melbourne para uma sessão de ciclismo de pista com o australiano Shane Kelly, que já esteve em cinco Jogos Olímpicos.

O afável ciclista australiano introduziu os homens da Kawasaki a um conjunto de duas rodas que dificilmente podia ser mais diferente da Ninja ZX-RR 800cc usada no MotoGP, uma bicicleta de uma só velocidade à qual o intrépido trio teve de se adaptar na pista inclinada.

Apesar de nunca terem visitado um velódromo indoor, Hopkins, West e Bartholemy não demoraram a adaptar-se à situação, efectuando várias voltas de treinos antes da inevitável perseguição com Kelly, com o antigo ciclista Olímpico a perseguir Bartholemy no final da volta de 250 metros e apanhando as estrelas da Kawasaki MotoGP a meio da segunda volta.

`Pensei que estava muito rápido,´ admitiu West. `Mas olhei para trás na segunda volta e não vi o Shane. Isso foi porque ele já me tinha passado por fora, enquanto eu estava à procura dele por dentro. A aceleração dele desde uma posição imóvel é incrível e penso que ele nos ganhou 100 metros ainda antes de chegarmos à primeira curva!´

`Eles até estiveram muito bem,´ declarou Kelly. `A primeira vez num velódromo é sempre uma experiência especial. Eles adaptaram-se muito bem e não demoraram a ir para a forte inclinação, onde temos um ângulo de 45º, por isso estiveram muito bem. O estado físico deles é claramente muito elevado, o que é crucial para qualquer desporto.´

Determinado a evitar ser dobrado no GP caseiro deste fim-de-semana, West apresentou, sem surpresas, muito animado para o desafio de Phillip Island.

Apostado em acertar as contas depois da corrida de domingo passado em Motegi, em que foi 15º, West comentou: `É muito bom estar de volta à Austrália, há muito tempo que não vinha cá e estou mesmo desejoso por correr neste fim-de-semana. Conheço a pista muito bem, já fiz muitas corridas aqui e estou apostado num bom resultado. Tem sido um ano difícil, por isso vou dar o máximo nesta corrida.´

Já para Hopkins a visita à Austrália significa o regresso à pista onde contraiu dolorosa lesão na virilha na pré época em testes, no início de 2008, o que afectou a sua estreia com a Kawasaki.

Mesmo assim, o anglo-americano vai para a 16ª jornada da época com o seu habitual optimismo, afirmando: `Phillip Island é um grande sítio, com uma atmosfera espectacular e uma pista excelente, por isso estou desejoso por correr. Da última vez que cá estive sofri uma grande lesão, pelo que vou ter de ultrapassar isso e quero apenas ter um bom fim-de-semana. (A lesão de Phillip Island) não está na minha mente, não podemos pensar em lesões quando vamos para as pistas.´

Reflectindo sobre o 10º lugar em Motegi Hopkins acrescentou: `O fim-de-semana passado não foi assim tão mau. Tendo em conta o que passámos nas últimas corridas, até se pode considerar que foi um bom fim-de-semana para nós. Queremos melhorar o resultado, estar nos dez primeiros de forma consistente e tentar entrar nos cinco primeiros.´

Tags:
MotoGP, 2008, AUSTRALIAN GRAND PRIX, John Hopkins, Anthony West, Kawasaki Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›