Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner consola-se com repetição da vitória em casa

Stoner consola-se com repetição da vitória em casa

Casey Stoner repetiu o triunfo de 2007 no circuito caseiro de Phillip Island, batendo dois rivais com ceptros na bagagem.

Perante 50.541 espectadores em Phillip Island Casey Stoner repetiu a vitória de 2007 no Grande Prémio da Austrália nesta tarde de domingo. O piloto da Ducati liderou a corrida desde a partida até ao final depois de ter largado da pole e acabou por cruzar a linha de meta com uma vantagem de seis segundos sobre o rival mais próximo.

O quinto triunfo do ano por parte de Stoner, em combinação com a queda de Dani Pedrosa na primeira volta, fez com que o australiano tenha quase garantido o vice-Campeonato de 2008. Pedrosa contraiu uma contusão na perna esquerda com a queda, mas de resto saiu incólume do acidente.

O futuro companheiro de equipa de Stoner na Ducati, Nicky Hayden, tentou acompanhar o herói da casa ao longo da corrida, mas o australiano provou ser forte demais no terço final da corrida. A partir daí Hayden teve de se concentrar no recém coroado Campeão do Mundo de MotoGP Valentino Rossi, com o piloto da Fiat Yamaha a surgir atrás de si.

Rossi passou Hayden na última volta e defendeu-se muito bem dos intentos de recuperação por parte do norte-americano para terminar a prova em segundo. Um resultado que surge na sequência da pior qualificação do ano de Rossi, que não conseguiu melhor que o 12º posto da grelha depois da queda que sofreu no sábado, de todas as formas `The Doctor´ voltou a mostrar a sua magia em Phillip Island.

O companheiro de equipa de Rossi, Jorge Lorenzo, terminou em quarto, envolvendo-se numa batalha com Shinya Nakano, James Toseland e Andrea Dovizioso. Toseland tinha sido o principal protagonista ao longo das 27 voltas da corrida, lutando com Rossi e Lorenzo nos momentos iniciais e dando o melhor para chegar ao pódio no dia do seu 28º aniversário. O piloto da Tech3 Yamaha apresentou, provavelmente, a melhor prestação do ano aos comandos de uma máquina de MotoGP e acabou por ter azar ao ser batido ainda pelo mais experiente Nakano, terminando a corrida em sexto.

Colin Edwards, Randy de Puniet, Loris Capirossi e Toni Elias fecharam a lista dos dez primeiros, com o piloto da casa Chris Vermeulen a não conseguir bom resultado depois da incursão por fora da pista na primeira volta.

A recuperação de Rossi ao longo do pelotão podia ter sido afectada por mais uma queda além da de Pedrosa, precisamente a de Alex de Angelis que foi ao chão poucos metros à frente do novo Campeão do Mundo de 2008.

Tags:
MotoGP, 2008, AUSTRALIAN GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›