Compra de bilhetes
VideoPass purchase

O adeus da Michelin ao MotoGP

O adeus da Michelin ao MotoGP

O fabricante francês de pneus deixa o MotoGP 36 anos depois.

A época de 2008 viu muitas estreias no MotoGP, mas também marcou o final de uma era para o fabricante de pneus Michelin. Ao cabo de 36 anos no Campeonato do Mundo, o fabricante gaulês não vai marcar presença na grelha do próximo ano, enquanto a Bridgestone se torna na única marca a fornecer a categoria rainha.

Tendo fornecido pneus a 42 vencedores de corridas, com os seus compostos a equiparem 26 motos vencedoras do Campeonato do Mundo, a Michelin foi parte de momentos lendários na história do campeonato; desde Jack Findlay no Isle of Man de 1973 – a estreia da Michelin na categoria – até Dani Pedrosa na Catalunha, a companhia tem uma história invejável nas corridas de pista.

Tecnologias Radial, Silica e Dual-Rubber, compostos de Borracha Sintética e Pilot Power foram desenvolvimentos bem sucedidos que levaram a vitórias no Campeonato do Mundo e que foram apresentadas pela Michelin e levadas a vitórias por nomes como Mick Doohan, Kevin Schwantz e Valentino Rossi.

O vídeo que se segue dá um justo adeus ao todos os que estiveram ligados ao projecto de MotoGP da Michelin.

Tags:
MotoGP, 2008

Outras actualizações que o podem interessar ›