Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Simoncelli revê temporada de conquista do título

Simoncelli revê temporada de conquista do título

Uma entrevista aprofundada com o Campeão do Mundo de 250cc de 2008, Marco Simoncelli, no final de um ano sensacional para o animado jovem italiano.

Uma impressionante mudança de forma depois de nunca antes ter ganho uma corrida nas 250cc viu o italiano Marco Simoncelli garantir o Campeonato do Mundo com algumas manobras impressionantes, vitórias sensacionais e um entusiasmo contagiante em 2008.

Descrevendo a incrível mudança de resultados que o levou à glória do ceptro, o próprio piloto comenta: `Foi uma época especial porque no início tinha de admitir que tive dois anos difíceis nas 250cc. Em 2006 tive uma moto oficial, mas em 2007 tiraram-ma e foi por isso que tive dois anos complicados. No início de 2008 comecei a rodar com a Gilera LE que não era oficial, mas era boa. Encontrei boa afinação durante o Inverno e consegui ser rápido desde o início do campeonato e obtive alguns pódios.´

`A meio do ano a Gilera deu-me uma moto oficial e a segunda parte da temporada foi mais fácil. Por isso, foi muito bom, a época foi muito boa e conseguir isto depois de dois anos complicados ainda é melhor.´

A sua campanha vencedora viu o jovem de 21 anos somar sete pole positions, seis vitórias e 12 pódios no total, isto depois de dois anos nas quarto de litro sem um único resultado nos três primeiros – após a promoção às 250cc no final de 2005, altura em que concluiu as 125cc em quinto.

Descrevendo as difíceis temporadas de 2006 e 2007, Simoncelli afirmou: `A motivação é sempre elevada, mas quando os resultados não surgem é mais difícil. Mas é nesses momentos que temos de acreditar em nós próprios e trabalhar ainda melhor com a equipa. Na verdade, em momentos como estes juntamo-nos e isso dá-nos mais força. Depois de passarmos por um momento está tudo muito melhor agora.´

O homem de Cattolica, perto de Misano, acabou por garantir o título na Malásia com um terceiro lugar, mas admite que tinha os nervos à flor da pele antes da corrida de Sepang.

`Para ser franco, estava nervoso na grelha. Durante a corrida tentei evitar qualquer tipo de erro e dei o meu melhor. Na primeira parte da corrida ainda tentei ganhar, mas depois de algumas voltas corri alguns riscos, talvez um pouco demais, e quase caí. `Hoje o melhor é terminar em terceiro´, foi o que pensei.´

`Depois de cruzar a meta, parei ao pé do muro das boxes e queria dar os parabéns à equipa. A tensão tinha acabado, mas estava muito calor e não me senti muito bem. Tinha a cabeça a andar à roda e pensei que ia desmaiar. Por isso, não sei o que senti no momento. Só depois é que absorvi tudo.´

O dia de Simoncelli ao sol trouxe um típico sorriso à cara de outro Campeão do Mundo de 2008, Valentino Rossi, um fã convicto das categorias mais baixas e amifo próximo do novo campeão da Metis Gilera 250cc.

`Sou amigo do Vale (Rossi). Por vezes treinamos em motocross juntos e revemos as corridas em casa,´ disse Simoncelli. `Peço-lhe alguns conselhos e quando ele os dá é claro que presto muita atenção!´

Apesar de ter a ambição de um dia se juntar a Rossi na categoria rainha, na próxima época Simoncelli vai continuar nas 250cc e está excitado com o desafio que tem pela frente. Ele concluiu: `Este ano foi muito complicado ganhar. Todos dizem que é difícil vencer, mas ainda é mais complicado renovar o ceptro, por isso sei que vou ter um ano duro pela frente. Mas vou dar o meu melhor para ter mais uma época como esta e tentar voltar a ganhar o título em 2009.´

Tags:
250cc, 2008, Marco Simoncelli, Metis Gilera

Outras actualizações que o podem interessar ›