Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kallio compara pilotagem do MotoGP e das 250cc

Kallio compara pilotagem do MotoGP e das 250cc

O piloto do Alice Team considera que a Ducati Desmosedici perdoa mais que a KTM 250cc.

Um dos dois estreantes de MotoGP provenientes das 250cc, Mika Kallio é o primeiro piloto a fazê-lo com a traiçoeira Ducati Desmosedici. A natureza da moto faz com seja uma das motos mais contrastante quando comparada com a 2 tempos KTM à qual o finlandês se acostumou, isto apesar de ter feito um promissor início de pré época com a nova montada.

A classe de 2007 das quarto de litro (Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso e Alex de Angelis) expressaram surpresa com os sistemas electrónicos usados na categoria rainha no ano passado, com Dovizioso em particular a dizer que se sentia mais à vontade na mais musculada Honda 800cc do que com a versão de 250cc. Kallio partilha a mesma opinião após os testes de Valência e Jerez.

`Talvez seja um pouco mais fácil pilotar esta moto,´ disse o finlandês ao motogp.com esta semana. `É difícil dizer ao certo. Por um lado, a máquina de 250cc é mais fácil de usar porque tem menos potência, mas por outro a maior potência da máquina de MotoGP é ajudada pela electrónica.´

`As motos são completamente diferentes; a potência torna as coisas claramente mais duras, mas digamos que de forma geral a pilotagem da 250cc é um pouco mais complicada. Não se pode cometer o menor erro porque não se pode usar a potência para resolver um problema. Como exemplo: no MotoGP podemos travar um pouco mais tarde, alargar a trajectória em dois metros, mas ainda resolver o problema.´

Sinta-se ele mais à vontade com a moto, ou não, ainda há muita adaptação pela frente para o antigo vice-Campeão do Mundo de 125cc. Dois testes positivos em Espanha podem ter ajudado muito o progresso de Kallio, mas ainda há algumas dificuldades pelo caminho.

`Pata mim está tudo a correr bem com a nova equipa e moto. É tudo diferente das 250cc em Valência, mas os meus primeiros tempos por volta já eram bons.´

`Depois continuámos com o teste de Jerez e no primeiro dia senti que foi mais difícil. Voltámos a habituar-nos e o segundo dia foi realmente bom. Ajustámos as coisas para tornarmos a moto melhor para o meu estilo de pilotagem.´

Enquanto Kallio ainda terá de ver com o Alice Team se poderá, ou não, alinhar nas suas tão adoradas corridas de gelo durante a paragem de Inverno, o finlandês garantiu que vai mesmo fazer alguns treinos na disciplina. Tirando isso, o seu programa de testes foi planeado para o manter ao melhor nível e para ajudá-lo a controlar o acréscimo de potência que tem agora ao seu dispor.

Tags:
MotoGP, 2008, Mika Kallio, Alice Team

Outras actualizações que o podem interessar ›