Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mudanças subtis na Yamaha para 2009

Mudanças subtis na Yamaha para 2009

A Yamaha Motor Racing vai sofrer pequenas alterações nesta temporada de 2009.

Enquanto pilotos e equipas de mecânicos não sofrem alterações nas boxes da Yamaha no MotoGP, várias outras alterações têm tido lugar nos bastidores. A Yamaha Motor Racing tem novo Presidente e novas premissas para 2009, com o objectivo de terminar a época no topo a continuar a ser a meta em todas as áreas.

O sucesso do projecto de 2008 levou a uma promoção no Japão, com Masao Furusawa a ter agora mais responsabilidades na YMR. Por seu turno, o antigo responsável do Departamento de Tecnologia Shigeto Kitagawa passa a ocupar o lugar deixado vago por Furusawa. Yoshiaki Hayasaki vai ocupar um papel de gestão na companhia nipónica.

O departamento de competição também mudou de local, com um novo escritório em Gerno di Lesmo, Itália, e que já levou o Director Lin Jarvis a tecer comentários.

“A nova sede... primeiro, é muito agradável, estamos muito contentes, mudámo-nos para aqui em Dezembro e, para ser franco, é uma grande melhoria face ao que tínhamos e gostamos mesmo muito destas instalações totalmente renovadas. A base é a mesma de antes, mas foi uma renovação total,” diz o britânico sobre a sede italiana.

“Estamos todos contentes por estarmos aqui, temos grandes instalações onde trabalhar e, o mais importante, é que quando antes tínhamos o nosso pessoal dividido por três locais diferentes, agora estamos todos juntos sob o mesmo tecto. Por isso, é muito melhor para trabalhar, para a comunicação. Se vai realmente mudar alguma coisa na nossa forma de trabalhar, creio que será em termos de nos colocar mais próximos, de fazer com que sejamos mais uma grande equipa, mais eficientes e espero que isso beneficie todas as nossas actividades.”

Em declarações proferidas na apresentação online da Yamaha esta semana, Jarvis explicou ainda que há uma clara constante em termos de patrocínios para o projecto: a Fiat vai continuar como patrocinador da equipa oficial nas próximas duas épocas.

“Estamos muito contentes por a Fiat continuar connosco. Assinámos novo acordo de dois anos e isto são excelentes notícias porque quando começámos há dois anos foi muito radical ter um fabricante de carros, especialmente uma marca italiana, a apoiar um fabricante de motos japonês. Penso que demos grandes resultados à Fiat,” comenta.

“Creio que tem sido bom para o campeonato e estamos mesmo contentes, especialmente nestes tempos difíceis de crise mundial e em particular na indústria automóvel; é sinal de confiança na nossa equipa e também no MotoGP. Para ser franco, a Fiat foi sempre a nossa principal escolha. É claro que temos boa relação com os nossos parceiros, queremos continuar isso no futuro, por isso estamos muito contentes.”

Tags:
MotoGP, 2009, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›