Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo revê regresso à acção na Malásia

Lorenzo revê regresso à acção na Malásia

No primeiro dia de pista de 2009 em Sepang, nesta quinta-feira, Jorge Lorenzo ficou a dois segundos do ritmo e admitiu ter encontrado algumas dificuldades com a nova Yamaha M1.

O Estreante do Ano de MotoGP de 2008, Jorge Lorenzo, que há apenas 12 meses estava a aprender a arte da pilotagem das máquinas de 800cc, foi franco ao admitir que encontrou dificuldades no regresso aos testes na Malásia nesta quinta-feira, principalmente devido às exigências físicas, concluindo o dia em décimo nas tabelas de tempos.

O popular jovem espanhol rodou com a totalmente actualizada Yamaha M1 pela primeira vez, isto depois de ter usado o novo chassis e motor de 2008 em Novembro passado, mas não foi capaz de tirar o máximo partido das novas especificações do motor no primeiro dia de trabalho deste ano – no entanto, reconheceu que houve melhorias no propulsor.

O piloto de 21 anos levou a cabo 61 voltas, o segundo maior conjunto de voltas de toda a grelha de MotoGP, mas o seu melhor registo ficou-se pelos 2m03,894s, a mais de dois segundos da marca estabelecida por Loris Capirossi, o mais lesto.

“Hoje foi um regresso difícil ao trabalho!” concedeu Lorenzo. “O meu corpo está um pouco enferrujado depois de tanto tempo de paragem. Nesta condição é difícil ser rápido, mas estou contente porque a moto parece estar melhor, especialmente o motor. Conseguiram melhorar a aceleração no Japão e com o novo chassis a moto também já não está tão instável à saída das curvas.”

Após ter visto o companheiro de equipa Valentino Rossi e o também piloto Yamaha James Toseland travarem contacto directo com o asfalto, Lorenzo notou: “Há duas curvas com alguns problemas e quando passamos nelas a moto escorrega muito, o que é perigoso. Creio que foi por isso que houve pilotos a sofrerem quedas.”

“Parei cedo porque já tinha feito muitas voltas e estava cansado. Vou receber massagens esta noite e tentar dormir o máximo possível e espero sentir-me melhor amanhã!”

O seu Director Desportivo na Fiat Yamaha, Daniele Romagnoli, acrescentou: “Começámos com a afinação usada teste de Jerez em Novembro passado e foi um primeiro dia promissor, mas ainda tivemos algumas dificuldades na entrada nas curvas com a frente e outros pequenos problemas com a aceleração. O Jorge usou o dia para ganhar confiança com a moto uma vez mais depois da paragem de Inverno e não nos concentrámos muito na afinação. Essa vai ser a prioridade amanhã.”

Tags:
MotoGP, 2009, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›