Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Suzuki confiante após mostrar as melhorias conseguidas no Inverno

Suzuki confiante após mostrar as melhorias conseguidas no Inverno

Prestes a darem início à segunda temporada como companheiros de equipa na Rizla Suzuki, Loris Capirossi e Chris Vermeulen estão contentes com as evoluções da GSV-R depois de grandes melhorias levadas a cabo na moto.

Com um muito positivo teste em Sepang no final da semana passada, Loris Capirossi mostrou-se entusiasmado e elogiou o trabalho levado a cabo pela Suzuki na GSV-R desde Novembro.

A caminho da 20ª época nos Grandes Prémios e preparando-se para a segunda com a Rizla Suzuki, o veterano italiano está em grande forma e mostra-se contente com os progresso técnicos levados a cabo pelos seus patrões no mais recente protótipo.

Capirossi foi o piloto mais rápido no primeiro dia do teste e registou tempos nos três primeiros nos segundo e terceiro dias, o que o ajudou a ficar ainda mais confiante depois dos tempos difíceis de 2008.

"Senti-me mesmo muito bem, a minha condição física está a 100%," afirmou o piloto de 35 anos. "A moto está mais confortável porque estou a começar o segundo ano com a equipa e já estão todos a acreditar a 100% no que preciso. É claro que temos de continuar a trabalhar mais para melhorar, mas já estamos a bom nível."

"Lutei muito no ano passado porque a moto era um pouco grande demais para mim, pelo que pedi um banco diferente, com um tanque mais pequeno. Eles fizeram isso e agora estou muito mais confortável na moto e isso é um grande sucesso," concluiu.

O companheiro de equipa de Capirossi, Chris Vermeulen também se mostrou optimista no final da visita a Sepang, rodando nos seis primeiros - e a menos de um segundo do mais rápido - nos três dias de trabalho.

O australiano de 26 anos disse ao motogp.com: "Temos muitas coisas novas da Suzuki, o chassis, o motor, a aerodinâmica, o braço oscilante, é tudo novo. A fábrica tem estado a trabalhar arduamente. Parece que isso está a dar-nos frutos porque fomos muito mais rápidos que na nossa última visita a Sepang e estamos competitivos em comparação com todos os outros. Mas é apenas o primeiro teste do ano e ainda há longo caminho pela frente. Ainda temos muitas novas peças para testar e espero que estejamos assim tão competitivos quando chegarmos ao Qatar."

Explicando o trabalho que levou a cabo na última tarde, Vermeulen acrescentou: "Fiz quase uma simulação de corrida completa e depois tive um pequeno problema com a moto a cinco voltas do final, mas foi positivo. Os pneus não estiveram mal, perderam rendimento como é normal, diria que estiveram similares ao ano passado, o que são boas notícias para todos. Temos todos os mesmo pneus e eles estão a funcionar bem."

Resultados completos do último dia de testes em Sepang podem ser encontrados aqui.

Tags:
MotoGP, 2009, Loris Capirossi, Chris Vermeulen, Rizla Suzuki MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›