Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards revela superioridade face a Toseland nos testes

Edwards revela superioridade face a Toseland nos testes

O "Texas Tornado" revela-se contente com Sepang no seu blog durante um evento levado a cabo em Indianápolis.

"It's so funny how we don't talk anymore"(É engraçado como já não falamos mais).

Não sendo apenas um referência à música dos finais dos anos 70, trata-se também de uma admissão por parte de Colin Edwards, da Tech3 Yamaha, que as relações com o companheiro de equipa James Toseland mudaram um pouco. A afirmação foi feita no "Tornardo Warning", o novo blog do texano, parte integrante do site do Red Bull Indianápolis Grande Prémio. A mudança de Chefes de Equipa levou a alguma separação entre os dois pilotos, mas, como na música, Edwards não está a perder noites de sono.

"Ele não está na lista de cartões de Natal. É giro. Já não falamos mais depois deste pequeno incidente," revelou Edwards sobre a desavença que teve com o companheiro de equipa na formação satélite da Yamaha. As opiniões de ambos os pilotos sobre as mudanças na box foram bem documentadas, mas o recente teste de Sepang deixou Edwards ainda mais falador.

"Estivemos bem à frente dele, (Toseland) que ficou a 2,5 segundos do ritmo. Foram bons tempos. Deviam ouvir alguns dos comentários feitos. Tem o Chefe de Equipa que quer. E era isso que ia fazer toda a diferença e nós limitámo-nos a ficar sentados a rir. Temos um bom tempo," escreve o piloto de 34 anos que se mostrou muito positivo com a parceria com o seu novo Chefe de Equipa Guy Coulon.

"Ele tem muita experiência. Penso que o tem feito desde o início dos ano 70. Estou mesmo contente. Não tenho de lutar contra egos como no passado. Toda a gente está mais relaxada, apenas contentes por estarmos a andar de moto."

Edwards foi sempre forte em testes e o norte-americano está animado com o conjunto usado até ao momento na pré época.

"Mudámos algumas coisas (em Sepang), mas podia voltar já para a primeira moto em que rodei e quase não seria capaz de notar a diferença. Em 2002, o meu último ano nas SBK, tínhamos uma moto como esta. Resolvemos tudo e analisámos muita coisa no primeiro teste. Mas no fundo mantivemos as coisas quase mesma ao longo de todo o ano. Não creio que as mudanças sejam muitas. Um retoque aqui, outro ali... e ganhei o título."

Para ler o blog de Edwards visite redbullindianapolisgp.com/

Tags:
MotoGP, 2009, Colin Edwards, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›