Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Campeão Rossi celebra 30º aniversário

Campeão Rossi celebra 30º aniversário

Talvez o mais talentoso e dotado piloto de todos os tempos, o actual Campeão do Mundo de MotoGP Valentino Rossi celebra o 30º aniversário na segunda-feira.

Enquanto se prepara para levar a cabo a 14ª temporada no Campeonato do Mundo, o lendário italiano Valentino Rossi faz 30 anos na segunda-feira e vai festejar em estilo.

O actual rei do MotoGP, que no ano passado conquistou o sexto ceptro na categoria rainha com incrível total de nove vitórias, 16 pódios e 373 pontos, vai em busca de mais glória em 2009, mas ao chegar aos 30 anos de idade vai certamente reservar um momento para reflexão sobre o que tem sido uma carreira verdadeiramente impressionante até à data.

The Doctor, como é conhecido pelos milhares de fãs que tem em todo o mundo, foi Campeão do Mundo nas três categorias dos Grandes Prémios, conquistando os títulos das 125cc, 250cc e 500cc/MotoGP na segunda temporada em cada uma delas. É apenas o segundo piloto na história a ter ganho o título em todas as categorias, ao lado do inglês Phil Read.

Rossi é o único a ter ganho o ceptro da categoria rainha com as 500cc, 990cc e 800cc, regressando ao topo em 2008 depois de dois anos de afastamento do topo.

Na primeira visita de sempre do MotoGP a Indianápolis no ano passado, ao conquistar o 69º triunfo o piloto da Fiat Yamaha bateu o recorde de vitórias na categoria rainha a um dos seus ídolos, Giacomo Agostini, por coincidência o único piloto além de Rossi a recuperar o título após dois anos a ser batido pelos rivais. Rossi elevou esse total para 71 triunfos no final da época com as vitórias em Motegi e Sepang.

O filho de Graziano Rossi, aclamado piloto dos anos 70, entrou para os Grandes Prémios com a Aprilia em 1996, chegando mesmo a ganhar uma corrida de 125cc na sua primeira temporada. Em 97 conquistou o título e, após a mudança para as 250cc com a marca italiana, reclamou o ceptro da classe em 99. Passou depois para a categoria rainha com as 500cc em 2000 com a Honda, lutando pelo título na primeira época, averbando dois triunfos e terminando o ano em segundo.

Após a conquista do último Campeonato do Mundo de 500cc em 2001, no ano seguinte dominou uma vez mais a primeira temporada do MotoGP a 4 tempos aos comandos de uma Honda RC211V. Na época seguinte voltou a mostrar-se imbatível antes de aceitar o maior desafio da carreira ao deixar a Honda e passar para a Yamaha em 2004.

Um ano histórico para Rossi, que começou logo com a primeira corrida em Welkom, África do Sul, onde se tornou no primeiro piloto de sempre a conquistar duas vitórias consecutivas com marcas diferentes, seguindo-se ainda mais oito triunfos na época em que deu à Yamaha o primeiro título em mais de uma década.

Em 2005 somou mais triunfos, voltando a ganhar nove corridas a caminho do título, o segundo com a Yamaha. Ligado a uma eventual mudança para as quatro rodas, Rossi anunciou que ia continuar com a Yamaha por mais um ano em Mugello, em 2006, e foi depois batido por Nicky Hayden e Casey Stoner no Campeonato do Mundo para recuperar o ceptro em Setembro último no Japão.

Como sinal do domínio exercido ao longo da carreira, há ainda que ter em conta que Rossi terminou oito das suas 13 temporadas nos Grandes Prémios como Campeão do Mundo, enquanto na categoria rainha tem uma percentagem de 47,3% de vitórias com 71 triunfos em 150 corridas, o que o colocar bem à frente de Mick Doohan (39.4%) e Kenny Roberts Sr (37.9%).

Depois de ter assinado com a Fiat Yamaha por mais dois anos, Rossi tem agora os olhos postos no recorde de Agostini de oito títulos na categoria rainha e na coroa de maior piloto de todos os tempos. Como Agostini, garantiu já que será uma Lenda do MotoGP quando abandonar a competição.

O mais recente contacto de Rossi com maquinaria do MotoGP viu-o dar início aos preparativos para a defesa do título com um bem sucedido teste na Malásia, além de ter ainda feito uma aparição pública pela Yamaha Indonésia, em Jakarta, onde foi recebido por milhares de fãs.

Tags:
MotoGP, 2009, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›