Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards muito contente e Toseland a recuperar confiança

Edwards muito contente e Toseland a recuperar confiança

A Monster Yamaha Tech 3 completou o bem sucedido teste do Qatar na terça-feira, com Colin Edwards a mostrar-se confortável ao longo das três noites de trabalho e James Toseland a melhorar na última sessão de trabalho.

Colin Edwards deu continuidade à boa forma que tem apresentado nos testes de Inverno. O norte-americano esteve de forma consistente entre os três primeiros durante a maior do Teste Nocturno Oficial de MotoGP do Qatar, continuando a mostrar-se muito à-vontade com a mudança para os pneus Bridgestone.

Com um melhor tempo de 1m57,515s, o experiente piloto da Monster Yamaha Tech 3 terminou em nono nas tabelas de tempos, se bem que apenas a 0,291s do quarto posto de Chris Vermeulen.

Com os olhos postos no primeiro GP da época de 2009 no Qatar a 12 de Abril, Edwards completou ainda uma simulação de corrida na última noite do ensaio, mantendo um ritmo consistente ao longo das 22 voltas consecutivas que efectuou. O seu melhor registo na simulação foi de 1m57,932s, estabelecido na última volta.

"Estou mesmo muito contente com este teste," disse depois. "Tenho de dizer que a combinação entre a Yamaha e a Bridgestone é muito impressionante. Tenho-me concentrado apenas em tentar encontrar um boa afinação para a corrida, isto apesar de já estarmos à espera que o tempo esteja mais quente quando cá voltarmos, mas estou realmente confiante."

"Nem acreditava na minha simulação de corrida. A aderência dos pneus Bridgestone é realmente incrível e estou mesmo muito impressionado. A aderência fica melhor quanto maior é a distância que se faz e fiz o meu melhor tempo na última volta. É algo a que não estava mesmo habituado. Sinto-me mais forte e mais motivado que nunca."

James Toseland, por seu lado, fez progressos lentos ao longo do teste, assinando um tempo de 1m58,786s na última noite. O piloto melhorou o seu registo em 1,5s, mas ainda terminou muito atrás na tabela de tempos, em 15º.

Mesmo assim, Toseland esteve a recuperar a confiança depois da espectacular queda na Malásia no mês passado, deixando o Qatar motivado. "Não foi fácil testar, mas na última noite senti que estávamos na direcção certa e senti-me muito mais confortável na moto. A queda de Sepang afectou a minha confiança e levei algum tempo a encontrar o ritmo, mas sinto que agora posso rodar muito mais depressa. Só preciso de tempo com a moto."

Tags:
MotoGP, 2009, James Toseland, Colin Edwards, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›