Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melandri: Um ano de contrato com a Hayate Racing

Melandri: Um ano de contrato com a Hayate Racing

O piloto italiano está motivado para mostrar o seu potencial em 2009 depois de ter cancelado o contrato com a Kawasaki.

Marco Melandri vai alinhar na temporada 2009 como único piloto da Hayate Racing, no que será um contrato de um ano, conforme o próprio Melandri confirmou ao motogp.com. O seu anterior acordo de duas épocas com a Kawasaki foi cancelado, ao que se seguiu de imediato a assinatura de novo contrato a tempo da época que se aproxima e na qual vai correr com uma Ninja ZX-RR sem mais desenvolvimentos de fábrica.

"O contrato com a Kawasaki foi cancelado. Tive de fazer um grande sacrifício financeiro, mas o mais importante que queria era encontrar confiança," disse na quinta-feira de manhã, apenas uma semana depois do seu primeiro teste de 2009 no Qatar.

"Não tenho nada a perder. Há um mês tinha um pé fora do Campeonato do Mundo e agora tenho uma equipa a trabalhar só para mim. A minha motivação é este, bem como mostrar à Kawasaki que cometeram um erro ao optarem por retirar o apoio de fábrica."

Com o futuro confirmado, o próximo ponto na agenda de Melandri é encontrar soluções para alguns dos problemas que sentiu no Qatar. Apesar de ter estado longe dos pilotos mais rápidos do ensaio, o homem da Hayate Racing Team salientou os pontos que o estão atrasar. Ele apontou a aderência traseira como sendo responsável por 80% da diferença para os mais rápidos, algo que tem sido uma dificuldade persistente da Ninja ZX-RR e que considera que talvez não possa ser resolvida no próximo mês.

"Não fomos os mais rápidos no Qatar, é um facto. Mas a moto deixou-me boa impressão. Não sei quanto é que vamos poder melhorar antes do início da época, mas a equipa garantiu-me que vai fazer um grande esforço até ao final de Março," continuou o antigo vice-Campeão do Mundo.

Melandri teve duas épocas difíceis com a Honda e Ducati, respectivamente, em 2007 e 2008. Sem se calar e sempre muito honesto, o piloto será agora alvo de muito interesse no que toca à forma como vai reagir a uma moto com a qual não espera lutar pelo pódio, mas de momento não está a olhar tão para a frente.

"Ouvi tudo sobre não termos apoio de fábrica, mas acredito que no trabalho que foi feito até agora. Se a moto melhorar, então penso que podemos acompanhar os da frente. É claro que se terminar em último todos os domingos, então será difícil lidar com isso, mas não quero pensar tão à frente em termos de futuro."

Tags:
MotoGP, 2009, Marco Melandri, Hayate Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›