Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barberá bate Bautista e Simoncelli no Estoril

Barberá bate Bautista e Simoncelli no Estoril

O segundo de três dias de testes de pré época no Circuito do Estoril esta segunda-feira assistiu a uma verdadeira luta de gigantes, com três dos mais fortes candidatos ao ceptro das 250cc a apresentarem-se muito fortes e a trocarem de posições no topo da tabela de tempos.

Hector Barberá, que já ontem se tinha mostrado muito forte com o segundo tempo neste seu regresso à acção depois de vários meses de paragem após o acidente no GP do Japão, foi hoje o mais rápido. O espanhol da Pepe World Pons WRB conseguiu como melhor tempo a marca de 1m41,113s à 69ª volta ao Circuito do Estoril, retirando 0,169s ao melhor tempo estabelecido ontem por Marco Simoncelli.

“O dia de hoje correu muito bem, fiz tempos por volta mais constantes, o que me deixa muito contente. Fizemos algumas evoluções devido aos novos pneus e pequenas modificações na afinação da moto que parecem ter resultado. Fisicamente estou muito bem, só estou com as mãos um pouco doridas devido ao muito tempo que estive sem rodar,” afirmou Barberá.

Enquanto isso, o vice-Campeão do Mundo de 250cc Álvaro Bautista apresentou-se muito mais eficaz ao assinar o segundo registo do dia. O também espanhol da forte Mapfre Aspar 250cc Team esteve muito aquém do esperado durante o primeiro dia de trabalho, mas nesta segunda-feira fez jus ao seu estatuto de candidato ao título ao terminar a escassos 0,006s do seu compatriota.

“O dia correu bastante melhor que domingo, também porque ontem optei por começar com calma para ganhar confiança depois da queda que sofri há um mês e na qual fracturei a clavícula. Aproveitámos estes dois dias de testes para trabalhar a suspensão dianteira e agora temos uma boa base de afinação com que trabalhar,” afirmou o simpático espanhol cuja equipa deu por terminados os trabalhos hoje.

Sem conseguir encabeçar a tabela de tempos como no domingo, mas ainda assim o melhor da manhã, o Campeão do Mundo Marco Simoncelli foi o terceiro mais rápido. O homem da Metis Gilera melhorou a marca que conseguiu ontem, mas não o bastante para bater a concorrência. Ainda assim, o italiano foi um dos seis pilotos a rodar no segundo 41, concluindo a sessão a 0,025s do mais rápido.

A fechar a lista dos cinco primeiros ficaram ainda Gabor Talmacsi e Mike di Meglio, enquanto Alex Debon foi sexto, todos eles a menos de um segundo de Barberá.

No que toca às 125cc, tal como no domingo, Julian Simón voltou a ser o mais forte. O piloto da Bancaja Aspar 125cc Team, que já tinha dominado durante a manhã, conseguiu retirar pouco mais de oito décimos de segundo à sua melhor marca de ontem, registando um tempo de 1m45,046s. O ritmo de Simón foi tão forte que mais nenhum piloto conseguiu rodar no mesmo segundo; na verdade, Pol Espargaró foi quem mais se aproximou, ainda assim terminou a mais de 1,1s do primeiro. O piloto da Belson Aprilia melhorou significativamente face a ontem, batendo Andrea Iannone e a estrela britânica Bradley Smith, enquanto o alemao Sandro Cortese foi quinto.

Este segundo dia de testes de 125cc e 250cc no Circuito do Estoril assistiu a várias quedas, com Hector Faubel, Lorenzo Savadori, Sergio Gadea, Miguel Oliveira, Lorenzo Zanetti, Danny Webb, Sandro Cortese e Axel Pons, com duas. Savadori e Gadea fizeram rápidas passagens pelo Centro Médico do Circuito, enquanto Pons teve depois de ser reencaminhado para o Hospital de Cascais para ser observado pelo Serviço de Cirurgia devido a um golpe profundo provocado na sequência de queda durante a tarde na Variante. Mas ao final da tarde o piloto da Pepe World Pons WRB já estava de volta ao circuito e deverá continuar a testar amanhã.

Tags:
250cc, 2009

Outras actualizações que o podem interessar ›