Compra de bilhetes
VideoPass purchase

LCR Honda dá as boas-vindas à Playboy

LCR Honda dá as boas-vindas à Playboy

No Teste Oficial de MotoGP deste fim-de-semana a LCR Honda RC212V de Randy de Puniet vai estar decorada com o famoso coelhinho da Playboy graças a um novo acordo de patrocínio.

A formação satélite LCR Honda de Lucio Cecchinello na categoria rainha está bastante animada para mais um temporada, afora com nova moto e excitante novo patrocinador.

Enquanto a equipa se prepara para a quarta campanha na categoria rainha a trabalhar em grande proximidade com a HRC, Cecchinello chegou a acordo com a Playboy para ser patrocinador principal de alguns Grandes Prémios esta época.

Randy de Puniet continua a ser o único piloto de Cecchinello em 2009 e o gaulês, que não é um estranho ao glamour, vai ter o famoso coelhinho no fato e na RC212V 800cc para prover a Playboy Itália na primeira fase da temporada.

Cecchinello explica: "Há muito tempo que estamos em contacto com a Playboy norte-americana e definimos as linhas mestras de um projecto que nos permitiu iniciar negociações. A Playboy Itália avaliou positivamente o projecto e confirmou o patrocínio para a primeira fase da época (durante o teste de Jerez e patrocínio principal nos GPs do Japão e de Espanha), ligando tudo isto ao relançamento da revista em Itália."

Ele continuou: "Actualmente estamos a levar a cabo mais negociações com licenciados da Playboy em mais países, aos quais foi apresentado o nosso conceito "projectos por evento", o que não implica investimentos milionários."

O patrão da equipa italiana anteviu a época 2009, pouco antes de começar o Teste Oficial de MotoGP em Jerez neste fim-de-semana, reconhecendo a necessidade de melhorias em resultados depois de campanha inconsistente de De Puniet no ano passado. Cecchinello acredita que o seu piloto vai ter uma máquina mais competitiva esta época graças ao maior apoio da HRC.

"É claro que 2007 e 2008 não foram anos fáceis para as equipas independentes," disse o patrão da LCR. "Desde o início das 800cc passou a ser mais difícil que nunca competir com as equipas de fábrica. Agora estamos numa fase em que as marcas podem fornecer as formações satélite com material de ponta e isto vai tornar-nos mais competitivos."

"A Honda, em particular, fez um grande esforço para, em 2009, nos dar os mesmos motores que eles usam, com tecnologia de válvula pneumática e todo o software de gestão necessário," acrescentou Cecchinello. "Agora depender de nós trabalhar arduamente com o Randy para estarmos prontos para a batalha e, sempre que possível, lutar com os pilotos de fábrica."

Por seu lado, De Puniet resumiu a pré época dizendo: "A primeira impressão que tive da moto foi muito positiva. O motor é mais competitivo em comparação com o do ano passado, especialmente porque tem mais velocidade em curva. O primeiro teste na Malásia não correu tão bem como esperado, mas depois no Qatar melhorámos a afinação e espero conseguir mais melhorias em Jerez."

O piloto de 28 anos disse ainda: "Já tenho dois anos de experiência com a Bridgestone (do tempo em que rodou com a Kawasaki em 2006 e 2007), mas o pneu frontal agora é diferente. Vou ter de adaptar o meu estilo de pilotagem a esta aderência, mas no Qatar já fizemos muito. Ainda posso melhorar para ser mais rápido. Vamos ter de trabalhar muito também na afinação de corrida, mas temos tudo o que é necessários para sermos muito competitivos com a moto."

Tags:
MotoGP, 2009, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›