Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipa da Hayate conta com a experiência de Jacque

Equipa da Hayate conta com a experiência de Jacque

O antigo piloto de MotoGP Olivier Jacque no Teste Oficial de MotoGP no sul de Espanha ajudando Marco Melandri e a equipa da Hayate.

No segundo teste com a equipa da Hayate, a bordo de uma Ninja ZX-RR, o italiano Marco Melandri tem a seu lado Olivier Jacque para lhe dar conselhos e apoio.

Caso seja necessário, Jacque irá correr no teste, mas o principal objectivo do francês é simplesmente ajudar Melandri a adaptar-se à nova máquina.

O antigo Campeão do Mundo de 250cc Jacque disse no sábado ao motogp.com: “Talvez eu corra, mas o principal objectivo este fim-de-semana é recolher algumas informações do Marco, ver como é que a mota está a trabalhar em comparação com as outras na pista. A minha principal função é aconselhar a Hayate no desenvolvimento, mas também ajudar o Marco a tirar o melhor partido da mota.

Depois de ter testado para a Hayate na Austrália no inicio do ano, Jacque deu a seguinte resposta quando questionado se voltará a testar durante 2009: “Vamos ver durante a temporada se precisamos de fazer mais trabalho de aperfeiçoamento. Enquanto houver dinheiro no orçamento, poderemos fazer mais testes. De momento, vamos começar com o que temos. A mota não pode ser mais desenvolvida agora. Precisamos que o Marco adapte a mota ao seu estilo e que ele nos dê algumas informações depois das corridas.”

Dando detalhes sobre o que ele próprio descobriu sobre o protótipo da máquina que Melandri vai utilizar esta temporada, Jacque comentou: “Descobrimos que havia um problema na traseira do interior do chassis, gostei da parte frontal desde o início, mas o problema da traseira foi uma coisa que resolvemos depois do primeiro teste.”

Falando sobre o apoio que espera dar a Melandri, Jacque disse: “Espero puder ajudá-lo a manter a motivação, porque não é fácil trabalhar sozinho numa equipa, por isso ele precisa de confiar em alguém e confiar na equipa. Ele sabe e precisa de compreender que todos irão dar o máximo por ele e eu também irei dar o meu máximo por ele, porque acredito no projecto e acredito nesta mota. Penso que se ele for inteligente e se quiser chegar ao topo, poderá consegui-lo. Ele tem potencial.”

Tags:
MotoGP, 2009, Hayate Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›